Mandou bem

Correio Braziliense
postado em 20/03/2022 00:01

O Supremo Tribunal Federal manteve a decisão de proibir que o Disque 100, serviço para denúncia de violações aos direitos humanos, passasse a registrar relatos de "discriminação" sofrida por pessoas que não quiseram se vacinar contra a covid-19 ou queixas contra a exigência de comprovante de imunização. A permissão representaria um desvio de finalidade do canal, criado para receber informações sobre crimes praticados contra crianças, negros, indígenas, mulheres, refugiados, idosos, pessoas com deficiência, em situação de vulnerabilidade, população LGBTQIA , entre outros.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE