Nome do PT que disputará vaga ao Buriti sai nesta semana

Correio Braziliense
postado em 20/03/2022 00:01

A indefinição sobre o nome que representará o PT na disputa pela vaga ao Palácio do Buriti deve chegar ao fim nesta semana. O diretório nacional partidário fará uma reunião para votar a resolução que dará a palavra final sobre o método de composição e o calendário para formação das chapas nas unidades federativas. A orientação levará em conta negociações com as outras legendas que compõem a federação (PV e PCdoB), bem como a situação das siglas e a força dos pré-candidatos dos 26 estados e do DF.

Reunião após reunião

A comissão executiva regional divulgou uma resolução em que, de maneira categórica, destaca a necessidade de haver urgência na escolha do nome. Depois de receber os direcionamentos da cúpula da sigla, o diretório do partido no DF terá um encontro, marcado para o próximo sábado, no qual se posicionará quanto à "indicação de um nome que represente o PT-DF como candidato ou candidata ao Governo do Distrito Federal". A decisão será entre Rosilene Corrêa, diretora do Sindicato dos Professores do DF, e o ex-deputado federal Geraldo Magela.

Pressões internas

Filiados ao PT-DF têm pressionado por um parecer há algum tempo, especialmente devido ao andamento das pré-candidaturas da oposição e ao prazo-limite para trocas de siglas pela janela partidária, que termina em 1º de abril. Além disso, há um sentimento de que a falta do nome petista esteja prejudicando debates francos e diretos com outros postulantes à chefia do Buriti. Por enquanto, a expectativa é de que, se não houver acordo entre quem assumirá a dianteira nessa corrida, o bater do martelo ficará a cargo do diretório nacional.

PSB relança pré-candidata trans à Câmara dos Deputados

A assistente social Paula Benett (PSB) anunciou que disputará novamente uma vaga na Câmara dos Deputados. Com a meta de ser a primeira trans eleita pelo Distrito Federal para o cargo, a pré-candidata retoma os planos quatro anos depois de deixar a concorrência por decisão do partido, devido às vagas que restaram após as coligações de 2018. À época, a ativista teve de abrir mão do percurso rumo ao Congresso Nacional para se lançar à Câmara Legislativa, conseguindo 0,09% dos votos válidos (1.259).

Sem ressentimentos

Apesar das mudanças determinadas pelo partido na ocasião — e até com chamados para mudar de sigla —, Paula optou por permanecer no PSB. No ano passado, recebeu um pedido de desculpas e um convite para concorrer novamente a federal, desta vez, para valer. A pré-candidata considera que, independentemente do resultado, o mais importante será levar os planos até o fim. "Pela importância dela e pelo que houve em 2018, minha pré-candidatura está garantida, o que já é uma grande vitória", disse à coluna.

Associações de militares do DF repudiam falas de Luís Miranda

Um vídeo divulgado pelo deputado federal Luís Miranda (Republicanos-DF) recebeu duras críticas do Fórum das Associações Representativas dos Policiais Militares e Bombeiros Militares, nesta semana. O grupo, formado por 11 entidades, publicou uma nota de repúdio em que nega as acusações feitas pelo parlamentar sobre supostos casos de corrupção na Caixa Beneficente da PMDF (Cabe). O documento se divide entre reprimendas à atuação do deputado durante a tramitação da medida provisória que garantiu o reajuste às forças de segurança do DF, em 2020, e comentários enaltecendo o trabalho do senador Izalci Lucas (PSDB-DF) no mesmo processo. Por fim, o texto sai em defesa da presidente da Cabe, coronel Maria Costa, a quem Miranda ameaçou "ferrar e enquadrar".

Reforço na busca por desaparecidos

A procura por pessoas desaparecidas passa a contar com uma plataforma que pode reforçar os trabalhos das autoridades. A Polícia Rodoviária Federal lançou o Sinal Desaparecidos (desaparecidos.prf.gov.br),
site que permite informar o sumiço de alguém conhecido, com imediata notificação das equipes de agentes que atuam em um raio de até 500km do local da ocorrência. Também é possível comunicar a corporação sobre o caso pelo telefone 191. Os dois sistemas de atendimento funcionam 24 horas por dia. Mesmo assim, não dispensam registro de boletim na Polícia Civil.

Juízes do TRT-10 lançam livro
para concurseiros e graduandos

Com foco nas demandas de estudantes universitários e concurseiros, Noemia Porto e Ricardo Lourenço Filho, integrantes do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT-10/DF-TO) lançaram, neste mês, o livro Direito individual do trabalho. Com uma proposta de estudo simplificado, a obra aborda temas como contrato e jornada laboral, salário, remuneração, terceirização e relação de emprego. Os exemplares estão disponíveis em versão física ou digital, pelo site do Grupo Gen.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE