SAMAMBAIA

CAMPO SINTÉTICO PRECÁRIO

Correio Braziliense
postado em 21/03/2022 00:01

O diretor do Instituto PROCIP Richard Dantas, 35 anos, morador de Samambaia, entrou em contato com a coluna Grita Geral para relatar a péssima situação no campo de grama sintética da Quadra 206. "Já há dois anos convivemos com um lixão e com muitos buracos no campo — já sem a grama sintética. Muitos dos nossos garotos se machucavam ali", afirma. A decisão fez com que o projeto de futebol do instituto migrasse para um campo próximo. "Além da gente, outra escolinha utilizava o espaço, mas encerrou as atividades. O nosso projeto é prejudicado pelo descaso, antes tínhamos cerca de 100 alunos e agora temos mais ou menos 30", relata Richard.

A Administração Regional de Samambaia informa que o campo sintético da 206 já está na lista dos espaços que serão reformados. Contudo, ainda não é possível definir a data devido ao número de outras demandas de revitalização de quadras e parques, que estão em andamento.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE