ANIVERSÁRIO

Empreender para sobreviver: venda de salgados na rua virou loja

O Salgados do Marcelo está há apenas nove anos em Ceilândia, mas já é considerado pelos moradores um ponto importante

Correio Braziliense
postado em 27/03/2022 05:01
 (crédito:  Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press)

Famoso na cidade, os Salgados do Marcelo está há apenas nove anos em Ceilândia, mas já é considerado pelos moradores um ponto importante. Em 1991, Claudio Marcelo Teixeira Lima, 41, veio de Fortaleza para tentar uma vida melhor com os pais e os irmãos. Ele cresceu em Ceilândia, se casou e não quis se mudar.

Em 2013 ele foi demitido do trabalho. Com muitas dívidas e o aluguel atrasado, resolveu tentar empreender e passou a vender, nas ruas, os salgados que a mãe fazia. "Eu lembrei que ela gostava de cozinhar e fazia umas tortas, bolos e salgados muito bons. Pedi para ela fazer e fui vender na rua", relata. O negócio deu tão certo, que cresceu, e ele chamou a esposa para trabalhar juntos.

Confira o especial Ceilândia 51 anos

O objetivo agora é continuar investindo em Ceilândia e abrir outras lojas. "Não pretendo sair daqui de forma alguma. Eu me identifico demais com o pessoal de Ceilândia, tem muita gente que veio do Nordeste, as pessoas são humildes e boas. Eu me sinto em casa, e as pessoas me conhecem, posso andar em todo canto que vão me cumprimentar, é muito agradável", afirma Marcelo.

 

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE