Leila entra no PDT e deve ser candidata ao GDF

Correio Braziliense
postado em 30/03/2022 00:01

A senadora Leila Barros entra hoje no PDT em ato com lançamento de pré-candidatura ao GDF. Eleita para o primeiro mandato no Congresso em 2018, a medalhista olímpica de vôlei busca agora assumir uma posição de protagonismo na política do DF. Ela quer seguir com o senador José Antônio Reguffe (União Brasil). Mas ainda falta acertar como será essa aliança.

Pipoka na disputa a distrital

Ao lado da senadora Leila Barros entra no PDT outro craque candango do esporte. Agora do basquete. João José Viana, o Pipoka, o ex-camisa sete da seleção brasileira. Ele vai se candidatar a deputado distrital.

Sem prejuízo

O senador José Antônio Reguffe (União Brasil) disse a aliados que a candidatura de Leila Barros (PDT) não prejudica seus planos.

Irmãos Faraj no União Brasil

O apóstolo Fadi Faraj se filiou ontem ao União Brasil em acordo nacional, com ficha abonada pelo presidente nacional, Luciano Bivar. Vai concorrer a uma vaga de deputado federal pelo partido de Reguffe. A irmã do evangélico, a ex-deputada Sandra Faraj, é pré-candidata a distrital, também pelo União Brasil.

Festival em setembro

O secretário se Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues, bateu o martelo: a 55ª edição do Festival de Brasília do Cinema Brasileiro este ano será em setembro, presencial, no Cine Brasília. Mas será exibido ao mesmo tempo em plataforma digital para todo o país, seguindo uma tendência que veio para ficar desde o início da pandemia.

Ex-presidentes na posse de Délio

Três ex-presidentes prestigiaram a festa de posse de Délio Lins e Silva Júnior na OAB/DF. Esdras Dantas de Souza, Francisco Lacerda e Juliano Costa Couto compareceram. Juliano foi a surpresa. Candidato a conselheiro federal na chapa de Thaís Riedel, ele deixou de lado as disputas políticas para parabenizar Délio, sua equipe e os presidentes de subseções da OAB-DF.

Tentativa de acordo

No Tribunal de Justiça do DF, há um movimento em torno de uma composição entre os desembargadores Roberval Belinati e Sebastião Coelho, para evitar disputas no comando do TRE-DF. Os dois magistrados, muito queridos pelos colegas, foram eleitos para exercerem as funções de presidente e vice-presidente, que acumula como corregedor, do TRE-DF. A eleição ocorrerá em 22 de abril, com os votos dos desembargadores eleitorais. Belinati e Sebastião vão comandar as eleições de 2022. A definição dos cargos sairia, então, de um acerto entre os dois. Sem disputa. Mas os dois precisam topar.

Grupo cresce

Dois movimentos importantes ocorreram ontem em torno da provável candidatura de Reguffe ao governo do DF. Um dos articuladores da campanha, o ex-deputado Luiz Pitiman se filiou ao Podemos. Entra na legenda com a benção da presidente nacional, Renata Abreu, e será secretário-geral do Podemos no DF. A ex-governadora Maria de Lourdes Abadia aceitou convite para se filiar ao União Brasil e deve concorrer a deputada federal.

Alírio Neto
se filia ao PSD

O ex-presidente da Câmara Legislativa Alírio Neto acertou hoje entrada no PSD de olho em candidatura nas próximas eleições. Ele avalia se concorrerá a um mandato de deputado federal ou distrital. Em 2018, Alírio foi pré-candidato ao governo, mas acabou fechando uma aliança com a ex-deputada Eliana Pedrosa. Ela concorreu ao Palácio do Buriti, tendo Alírio como vice. Com a eleição de Ibaneis Rocha, Alírio assumiu a direção-geral do Detran, mas teve um grave problema de saúde e se afastou.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE