Laudo: atropelamento no Lago era evitável

Correio Braziliense
postado em 03/04/2022 00:01

O laudo pericial do vídeo que registrou o atropelamento da servidora pública Tatiana Thelecides pelo advogado Paulo Ricardo Moraes concluiu que a ação era evitável. O caso ocorreu no Lago Sul, em agosto passado. O documento destaca que, apesar de o motorista não ter tido tempo de evitar o contato do carro com a vítima, era possível impedir que o veículo passasse por cima da pedestre. O acusado responde na Justiça por tentativa de homicídio.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE