Fé /

Fiéis se preparam para Páscoa

Domingo de Ramos marca o início das comemorações da Semana Santa. Catedral Metropolitana de Brasília realizou missas e procissões para celebrar a data, considerada uma das mais importantes para os cristãos

Rafaela Martins
postado em 11/04/2022 00:01
 (crédito: Minervino Júnior/CB/D.A.Press)
(crédito: Minervino Júnior/CB/D.A.Press)

Ontem, centenas de fiéis católicos se reuniram para celebrar a data que dá início a Semana Santa: o Domingo de Ramos. Missas e procissões foram realizadas em diversas igrejas do Distrito Federal, com objetivo de relembrar a entrada de Jesus Cristo na cidade de Jerusalém. Foi o caso da Catedral Metropolitana Nossa Senhora Aparecida (Catedral de Brasília).

Por volta das 18h, cerca de 150 devotos estavam no local para acompanhar a missa celebrada pelo pároco Paulo Renato. Em silêncio, as pessoas se aproximaram da entrada, faziam o sinal da cruz de joelhos, adentraram o templo e tinham o direito de pegar um pé de ramo de oliveira ou palmeira para acompanhar a cerimônia. A missa teve duração de uma hora.

Esse foi o caso da aposentada Ana Claudia Goulart, 55 anos, que tirou um tempo no fim de semana para se aproximar de Deus. "Sou católica praticante desde que eu nasci e sempre frequento as missas na Catedral. Mas o Domingo de Ramos é muito significativo, por ser uma semana antes da Páscoa, e isso nos relembra da importância da morte de Cristo", contou a moça.

Além disso, Ana Claudia comentou sobre a expectativa e a imersão de fé que realiza durante os dias da Semana Santa. "Eu rezo o terço todos os dias, mas essa semana, em especial, eu pego para meditar na palavra de Deus de uma forma diferente, e me conectar mais com aquilo que acredito", completou a cristã.

De manhã

Quem preferiu assistir às celebrações na parte da manhã, não passou vontade. No centro da capital do país, na Catedral, houve missa às 8h e às 10h30. Logo cedo houve a costumeira procissão na parte externa do templo com o Arcebispo da Arquidiocese de Brasília Dom Paulo Cesar Costa. Cerca de 300 pessoas compareceram. Na Asa Norte, a igreja Nossa Senhora da Esperança, localizada na entrequadra 307/308 Norte, também recebeu os fiéis para a Santa Missa, que, segurando os galhos, demonstraram gratidão e a vitória de Cristo diante das adversidades.

Segundo as escrituras sagradas, a data marca a luta de Jesus por 40 dias no deserto, em jejum e sendo tentado pelo diabo. Após esse período, Cristo chega na cidade sagrada — Jerusalém — montado em um jumento e a multidão que o acompanhava jogou as vestes, os mantos e os ramos de árvores pelos caminhos. Além disso, Jesus teria ressuscitado Lázaro de Betânia dias antes.

Via Sacra

Após dois anos sem ensaios e apresentações, a Via Sacra que organiza a encenação da vida, da crucificação e da ressurreição de Jesus Cristo, em Planaltina, está de volta. O ato está previsto para acontecer dia 15 de abril, e a expectativa é que 1.400 pessoas participem, entre figurantes, atores, auxiliares e cenógrafos.

O ato religioso que acontece no próximo domingo, começará às 8h, no Morro da Capelinha. Anualmente, milhares de fiéis comparecem para acompanhar a encenação das 15 estações vividas por Jesus Cristo, desde a condenação à ressurreição. Na última edição, em 2019, cerca de 15 mil pessoas prestigiaram o espetáculo.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE