Lojas fazem queima de estoque de ovos de Páscoa

Correio Braziliense
postado em 22/04/2022 00:01

Algumas empresas ainda têm ovos de chocolate à venda. E o melhor: com descontos que variam de acordo com o tamanho. Apesar do crescimento das vendas, ainda há resto de estoque. Os ovos com preços mais elevados foram os que mais encalharam. Na média, os descontos agora oscilam entre 15% e 20%. Os ovos sobraram porque muitos consumidores, este ano, optaram por barras de chocolate ou caixas de bombons.

Maior circulação de consumidores

As vendas de ovos de Páscoa do comércio do DF cresceram, este ano, 14%. A previsão era de 12%. O aumento é atribuído, pelo Sindicato do Comércio Varejista, à vacinação e ao fim da exigência de máscaras, que têm levado mais consumidores às lojas de rua e de shoppings.

Reajuste para servidores

"O anúncio de que os servidores públicos podem ganhar reajuste salarial de 5% este ano também pesou na balança porque injetou otimismo", explica o presidente do Sindivarejista, Sebastião Abritta.

Na foto, Dionyzio Klavdianos (de camisa rosa) com os colegas de faculdade na UnB

"Querem saber de algo bem autêntico de Brasília nos anos 1970 e 1980?! Aguardar ansiosamente o Correio Braziliense do dia seguinte à divulgação da lista dos que passavam no vestibular da UnB. O diretor do filme Eduardo e Mônica rende homenagem ao momento na cena em que destaca a página do jornal com o nome completo do Eduardo e a conquista, o curso de engenharia civil",

Movimento estudantil

"As lembranças do tempo de universidade marcaram a trajetória do empresário, que presidiu o Centro Acadêmico. "Eu gostava demais da UnB, me envolvia com o movimento estudantil", conta.

Orgulho de ser brasiliense

"Tenho para mim que deva ser o primeiro engenheiro civil nascido e formado em Brasília. Entra presidente do CREA sai presidente do CREA conto para eles essa história, prometem pesquisar nos arquivos do conselho."

Minha história para a Brasília de 62 anos, por Dionyzio Klavdianos, presidente do Sinduscon DF

Inauguração do
Residencial General
Clovis Jacy Burmann

Festejando o aniversário de 62 anos de Brasília, a PaulO Octavio entregou ontem o Residencial General Clovis Jacy Burmann, no Noroeste. O edifício é composto por apartamentos e coberturas duplex com dois e três quartos. O homenageado foi comandante da Fundação Habitacional do Exército e da Poupex por 16 anos. Representando a Poupex, esteve presente o atual diretor general Araken de Albuquerque.

Beleza para a cidade

A construtora concluiu a obra, que é a 759ª de sua história, em 24 meses, graças ao uso de tecnologias inovadoras. Para Paulo Octávio, o prédio é o mais bonito do Noroeste. "Temos o hábito de fazer eventos nos aniversários de Brasilia para homenagear e embelezar a cidade", disse.

Sarney assina prefácio
de Vizinhos do Poder

A escritora Leiliane Rebouças narra no livro Vizinhos do Poder, a história de Brasília sob a perspectiva dos pioneiros da Vila Planalto, após ouvir o relato dos moradores que construíram a capital federal. O ex-presidente José Sarney foi responsável pelo prefácio.

Ele ajudou na consolidação da Vila após receber a carta de Leiliane, na época com 10 anos — na qual pedia a fixação dos moradores — quando ele descia a rampa do Palácio do Planalto.

Patrimônio histórico

Sarney na época encaminhou o assunto ao então governador José Aparecido, que em 1988 assinou o decreto de fixação e o tombamento como Patrimônio Histórico do Distrito Federal. "Ontem também foi uma data muito especial para a Vila Planalto. A data celebra esse marco histórico, mas poucos lembram", diz Leiliane.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE