Dicas: 

Correio Braziliense
postado em 24/04/2022 00:01

Decidiu estudar para um concurso público, mas está há muito tempo parado? Veja por onde começar!

Para aqueles que nunca se candidataram a uma vaga em concurso público ou passaram os últimos dois anos de pandemia sem estudar, o professor de cursinho preparatório Jeferson Bogo dá dicas preciosas. Confira:

Em um primeiro momento eu faço a seguinte pergunta: você já sabe para qual cargo ou área vai estudar? Aqui teremos, basicamente, duas hipóteses:

1) Sim! Então, sugiro que você veja o último edital, se não for muito antigo — mais de quatro anos — os dois últimos, observando se há uma banca "tradicional", ou seja, que normalmente realiza esse certame. A partir dessa análise, você pode montar o seu plano de estudo. 

2) Não! Talvez você tenha pensado, em um primeiro momento, simplesmente em passar para mudar de vida, como, por exemplo, ter estabilidade, um salário melhor, entre outros benefícios. Bom, nesse caso, você pode optar pelas matérias mais cobradas, como a língua portuguesa, presente em todos os concursos.

» De toda a forma já há uma decisão tomada: mudar de vida. Nesse ponto, gosto muito de uma frase de Nietzsche, que diz: "Quem tem um para quê viver, suporta qualquer como!" Faça desse novo objetivo uma meta a ser alcançada e, portanto, só pare quando estiver exercendo seu novo cargo público.

» Agora é hora de planejar e executar. Monte um plano de estudos realista — que você consiga seguir — baseado na sua disponibilidade diária
de estudos. Comece com
uma carga horária pequena e vá aumentando aos poucos, distribuindo as matérias ao longo do dia. Sempre alie a teoria com exercícios e revise o que foi estudado ao longo do
tempo (nesse ponto sugiro fazer anotações do que é estudado
com as suas palavras, mas de maneira bem sucinta).

» Lembre-se: o feito é melhor
que o perfeito. Caso seu
planejamento não seja perfeitamente executado, continue, pois somos humanos, então, se precisar descansar, descanse. Faça o que for possível no dia. Caso não consiga fazer nada, continue no outro dia. Muitas dificuldades surgirão no caminho e como disse o professor Granjeiro: "Há dois tipos de concurseiros, os que passam e
os que desistem." Não desista,
vai valer a pena.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE