Três perguntas para

Correio Braziliense
postado em 27/04/2022 00:01

O que a Secretaria de Saúde está fazendo para conter os casos de dengue no DF?

Melhoramos o atendimento médico-hospitalar, colocamos tendas (para atendimento externo) em alguns hospitais, como o de Ceilândia, o de Brazlândia e o de Taguatinga, para tratar a doença no menor tempo possível, evitando agravamentos dos casos e óbitos. Tanto que temos mais de 26 mil casos e apenas uma morte. Não apenas atendimento aos pacientes, mas coletamos dados, voltamos aos endereços e fazemos borrifações e dedetizações, inclusive com o carro fumacê. São duas ações paralelas.

Quais cuidados devem ser tomados para evitar
a contaminação?

Mais de 97% dos focos de mosquito estão dentro de casa, não nos lixos da rua, por exemplo, porque é um mosquito doméstico, que precisa se alimentar de sangue humano. Prestar atenção não somente em focos de água parada, mas perto de plantas e em locais de sombra. Todos os dias, as pessoas precisam abrir as janelas para arejar a casa, deixar a luz entrar e observar se está tendo picada de mosquitos durante o dia. Se houver, provavelmente é o Aedes aegypti.

Como a população
deve agir?

Discar 160 ou denunciar durante as inspetorias. Temos duas equipes atuantes, as vigilâncias sanitária e ambiental. Só vamos conseguir vencer a dengue se unirmos população e governo. É importante que cada cidadão seja agente de saúde da própria casa. São ações individuais com reflexos coletivos. Saúde pública é isso.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE