Educação /

CED 1 terá novo comando

O Conseg-DF, realiza, hoje, um encontro entre a escola da Estrutural, os pais de alunos, a Polícia Militar e o conselho tutelar para discutir o caso de um estudante ameaçado por um terceiro sargento, afastado pela corporação, ontem

Pedro Marra
postado em 11/05/2022 00:01
 (crédito: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A. Press)
(crédito: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A. Press)

O Conselho Comunitário de Segurança Pública do Distrito Federal (Conseg-DF) convocou, para hoje, às 19h, uma reunião extraordinária no Centro Educacional (CED) 1 da Estrutural. O encontro, que terá um representante do conselho tutelar, ocorre após um policial — monitor disciplinar — ameaçar um estudante, de 14 anos, da escola, na última quinta-feira. O objetivo é evitar que episódios como esse aconteçam novamente nas instituições educacionais com gestão compartilha cívico-militar.

Ontem, a Polícia Militar do DF informou, por meio de nota, que o policial que ameaçou o estudante do CED 1 da Estrutural foi afastado e que o caso segue em apuração. "O fato foi pontual e não corresponde à filosofia do projeto e ao comportamento dos demais profissionais, que são selecionados e recebem capacitação para a função", declarou a corporação.

Vice-diretora do CED 1 da Estrutural, Vanessa Nogueira de Souza Magalhães adianta que haverá mais mudanças na gestão da escola. "Vamos explicar a situação da troca do comando militar, e a nova direção estará aliada ao trabalho pedagógico", conta a educadora, nomeada para o cargo na terça-feira.

Esse diálogo conjunto é o que o administrador regional da Estrutural, Alceu Prestes de Mattos, espera que ocorra no encontro de hoje. Ele acredita que o caminho correto necessita de mais conversas entre as partes para que haja um bom convívio escolar. "Sempre quando envolve jovens e adolescentwes, a gente tem que ter um certo equilíbrio, porque palavras são palavras, e dependendo do tom, às vezes ofende", comenta.

Relembre o caso

O terceiro sargento Frederico Nicurgo de Oliveira, da PMDF, foi flagrado em gravações de vídeo ameaçando dois estudantes do CED 01 da Estrutural, durante o protesto de alunos, na manhã da última quinta-feira, após a exoneração da vice-diretora que chamou um policial de "cagão".

No vídeo, o militar e um estudante aparecem discutindo dentro de uma sala quando o policial manda o jovem "abaixar a bola". Segundos depois, o terceiro sargente diz que vai "arrebentar" o adolescente. A briga terminou após a interferência de um colega do policial. As imagens foram gravadas por outro estudante, e ao sair da sala de aula, o militar que fez mais ameaças, ordenando ao menino que registrava a ação que encostasse na parede: "Quer ir preso?", disse Nicurgo.

  • CED 1 da Estrutural, escola cívico-militar com gestão compartilhada com a Polícia Militar do DF
    CED 1 da Estrutural, escola cívico-militar com gestão compartilhada com a Polícia Militar do DF Foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A. Press
  • CED 1 da Estrutural, escola cívico-militar com gestão compartilhada com a Polícia Militar do DF
    CED 1 da Estrutural, escola cívico-militar com gestão compartilhada com a Polícia Militar do DF Foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A. Press
  • Fachada do CED 1 da Estrutural, escola cívico-militar com gestão compartilhada com a Polícia Militar do DF
    Fachada do CED 1 da Estrutural, escola cívico-militar com gestão compartilhada com a Polícia Militar do DF Foto: Ana Rayssa/Esp. CB/D.A. Press
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE