Ibaneis paz e amor

Correio Braziliense
postado em 13/05/2022 00:01

O governador Ibaneis Rocha (MDB) está em uma fase paz e amor. Elogiou o senador José Antônio Reguffe (UB-DF), um provável adversário nas eleições; fez uma solenidade em que dividiu a mesa com um opositor na disputa da OAB-DF, o atual presidente, Délio Lins e Silva Júnior; e homenageou Tadeu Filippelli, no aniversário do político, na noite de quarta-feira. Ibaneis foi à missa em ação de graças pela celebração, na igreja Nossa Senhora de Nazaré, no Lago Sul. E, nas redes sociais, postou a seguinte mensagem: "Finalizei a noite de hoje da melhor forma, em missa de ação de graças pela vida do meu querido amigo Tadeu Filippelli. Que Deus te abençoe. Muita paz, saúde e alegria para essa nova fase. Feliz aniversário". Os dois estavam afastados desde a campanha eleitoral de 2018.

PT-DF ainda não aceitou candidatura de Grass ao Buriti

A direção regional do PT não deu o braço a torcer sobre a decisão nacional de que o candidato da federação é o deputado distrital Leandro Grass (PV). O ex-deputado Geraldo Magela (PT), que estava no páreo para o governo local, atendeu à determinação do comando da campanha de Lula e, ontem, divulgou uma mensagem para a militância, colocando-se, agora, como postulante ao Senado. Mas o grupo de Rosilene Corrêa, que também foi lançada ao Buriti, não cedeu. É questão de tempo, porque dificilmente o PT-DF poderá se contrapor à orientação nacional. O Grupo de Trabalho Eleitoral (GTE) da campanha de Lula avocou todas as deliberações sobre a chapa majoritária da federação PT-PV-PCdoB. É uma intervenção pelo interesse dos acordos nacionais. Mas a direção do PT-DF ainda não anunciou que abraçará a candidatura de Leandro Grass.

Encontro do PT é adiado

O encontro do PT-DF que começaria hoje foi adiado para 27 e 28 de maio. Nessa reunião, o partido poderia sacramentar a decisão da direção nacional que foi comunicada aos dirigentes locais pelo vice-presidente nacional, José Guimarães. Mas a executiva regional do PT não topou. Prefere manter aberto o diálogo para tentar viabilizar a pré-candidatura de Rosilene Corrêa.

Decisão tomada

A postura dos dirigentes locais do PT tem provocado desconforto na direção nacional, que não quer discussão. Para a campanha de Lula, o candidato está definido. É Leandro Grass (PV).

Prejuízo eleitoral

Ao adiar o encontro do PT-DF, a legenda joga para frente o início da campanha do deputado Leandro Grass. Atrapalhará bastante o desempenho do candidato que, no primeiro mandato de deputado distrital, é pouco conhecido no Distrito Federal.

Surge um nome de esquerda para o Senado

Se Geraldo Magela for candidato ao Senado, surgirá o primeiro concorrente de esquerda ao cargo. No páreo, hoje, estão dois nomes bolsonaristas — Flávia Arruda (PL) e Damares Alves (Republicanos) —, além de Paula Belmonte (Cidadania), Paulo Octávio (PSD), Gim Argello (Pros) e Paulo Roque (Novo).

Na Terra Santa

A primeira-dama do DF, Mayara Noronha, secretária de Desenvolvimento Social do DF, foi agraciada, ontem, com a Medalha do Mérito Segurança, mas não participou do evento. Ela está em Israel. Viajou com a Igreja Comunidade das Nações, liderada pelo bispo JB Carvalho, em peregrinação pela Terra Santa.

Em fase de análise

O advogado Luis Carlos Alcoforado, especialista em direito eleitoral, tem analisado convites para campanhas. Ele trabalhou em várias candidaturas, mas ainda não fechou com ninguém neste ano.

Os novos temores dos candidatos

O delegado aposentado da Polícia Civil do Distrito Federal Celso Ferro, que chefiou a inteligência da instituição durante décadas, passou a ser assediado por políticos de vários partidos para uma nova missão. À frente de uma consultoria na área de segurança, o policial, que era conhecido por montar planos de proteção e monitoramento para campanhas, tem recebido, como principal demanda de candidatos, pedidos de ajuda para se proteger e detectar fake news nas redes sociais.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE