Obituário

Breno Silveira, 58 anos, cineasta

Conhecido por longas como Dois filhos de Francisco, Breno estava em meio a gravações do filme Dona Vitória

Pedro Ibarra
postado em 15/05/2022 00:01
 (crédito: João Linhares/Divulgação)
(crédito: João Linhares/Divulgação)

Diretor, produtor e roteirista de cinema e série, Breno Silveira morreu na manhã deste sábado aos 58 anos. O profissional estava nas gravações do longa Dona Vitória quando teve um infarto fulminante. Ele chegou a ser levado para o hospital, porém não resistiu.

Nascido em Brasília, o cineasta iniciou a carreira nos videoclipes, tendo dirigido vídeos como É preciso saber viver dos Titãs, Amor I love you de Marisa Monte e Tempo rei de Gilberto Gil. O primeiro grande sucesso nos cinemas foi musical também, com o longa 2 filhos de Francisco, que conta a história de vida da dupla sertaneja Zezé di Camargo e Luciano, em 2005.

Com desenvolvimento da carreira teve mais um grande sucesso de público, o também musical e biográfico Gonzaga; de pai para filho, sobre os cantores Luiz Gonzaga e Gonzaguinha, em 2012. Outros trabalhos para o cinema foram as produções Era uma vez (2008), À beira do caminho (2012) e Entre Irmãs (2017).

"É super lamentável a perda do querido Breno Silveira", comenta o diretor Vladimir Carvalho em entrevista ao Correio. O cineasta lembra que teve a honra de ter Breno operando uma das câmeras no filme Conterrâneos velhos de guerra, um dos mais importantes da carreira de Carvalho. Ele também é amigo próximo de Cydno Silveira, pai do diretor e arquiteto formado pela Universidade de Brasília (UnB).

Apesar de ser quase 30 anos mais velho que Breno, Vladimir disse que tinha uma relação de amizade com o colega cineasta. "Ele filmava com muito sentimento. Tinha uma narrativa segura, firme, humana e encaixada", analisa. "Breno Silveira deixa uma lacuna que não dá para preencher no cinema brasileiro e uma grande falta como figura humana", finaliza.

Breno Silveira também investiu muito na carreira de tevê, tendo criado duas séries de sucesso de 2016 para cá. A primeira, 1 contra todos, foi lançada em 2016 e representou o Brasil no Emmy Internacional de 2017, 2018 e 2019. Mais recentemente, em 2021, lançou, em parceria com a Amazon Prime Vídeo, o seriado Dom, sobre o criminoso carioca Pedro Dom. A produção protagonizada por Gabriel Leone foi muito bem assistida na primeira temporada e foi renovada. As gravações do segundo ano da trama foram realizadas em dezembro.

Artistas de todas as áreas lamentaram a perda do colega. Breno morreu no que era o primeiro dia de gravações do mais novo longa da carreira, Dona Vitória. Além deste longa, ele também trabalhava em uma cinebiografia do cantor Roberto Carlos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE