Ataque homofóbico em bar

Rafaela Martins
postado em 19/05/2022 00:01
 (crédito: Marcelo Camargo / Agência Brasil)
(crédito: Marcelo Camargo / Agência Brasil)

Um Professor da Universidade de Brasília (UnB), cuja identidade não foi revelada, foi vítima de homofobia no Deboche! Bar, localizado na 201 Norte, no último domingo. De acordo com informações obtidas pelo Correio, o educador estava no estabelecimento com o namorado, quando um cliente se sentiu incomodado com o casal.

Eles foram acusados de praticar "atos obscenos" pelo agressor, que chegou a proferir xingamentos. O casal chamou a Polícia Civil. Uma equipe da corporação encaminhou todos os envolvidos para a 5ª Delegacia de Polícia (Área Central de Brasília), que investiga o caso.

No local, as vítimas registraram boletim de ocorrência pelos crimes de injúria, ameaça (em apuração), e de ato obsceno. Em nota, a Universidade de Brasília se manifestou a favor do docente. Por meio das redes sociais, O Deboche! Bar repudiou todo e qualquer ato contra o público LGBTQIA . "Nós nos reservamos o direito de não ser um local que dissemina ódio."

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE