"É preciso devolver parte do lucro extraordinário da Petrobras à sociedade", diz Ibaneis

Correio Braziliense
postado em 19/05/2022 00:01

O governador Ibaneis Rocha defendeu que parte do lucro da Petrobras seja usado numa câmara de compensação para reduzir o preço dos combustíveis no Brasil. Ele fez a declaração ontem, durante almoço-debate organizado pelo Grupo de Lideranças Empresariais (Lide/DF), no Brasília Palace. O lucro da Petrobras, no primeiro trimestre deste ano, foi de R$ 44,5 bilhões.

ICMS congelado

Ibaneis criticou a atuação do governo federal na condução do problema. "Não se vê uma ação no sentido de tomar uma medida realmente prática e eficiente. Fica esse jogo de bater nos governadores por causa do ICMS. Mas ele está congelado desde novembro. E, de lá para cá, o que vemos são sucessivos aumentos por parte da Petrobras. É impossível para a população absorver isso".

Passagens de ônibus

O governador apontou que, se não fosse o subsídio do GDF, a passagem de ônibus custaria R$ 12. Para manter em R$ 5,50, os cofres públicos repassaram cerca de R$ 800 milhões em 2021 às empresas de transporte público da capital federal. Segundo ele, é uma forma de conter o impacto do aumento dos combustíveis na tarifa.

O cidadão no foco
da economia

O presidente do Lide no DF, Paulo Octávio, destacou que, na nova ordem da economia mundial, a pauta principal é o ser humano, valorizar o cidadão. Um efeito da pandemia. "Não adianta as economias crescerem e termos pessoas na rua passando fome", afirmou. Segundo ele, é preciso garantir infraestrutura à
população mais carente nas
áreas de educação e habitação.

Acesso ao crédito

Paulo Octávio reafirmou a necessidade da geração de empregos. "Aí, entra o papel fundamental das empresas. São elas que podem garantir a renda de uma família, com o trabalho. E o Estado brasileiro deve fomentar o setor produtivo. Pedi que o BRB dê mais acesso de crédito, principalmente, aos pequenos empresários."

Sem a mesma sorte

Ibaneis e Paulo Octávio fizeram uma homenagem especial aos presidentes da Fibra, Jamal Bittar, e da Fecomércio, José Aparecido Freire. Ambos foram reeleitos recentemente como lideranças de seus respectivos segmentos. E não tiveram concorrentes. "Quero cumprimentar ambos por terem sido eleitos por chapa única. Pena que eu não vou ter a mesma sorte", brincou Ibaneis, se referindo à campanha que enfrentará pela reeleição ao GDF, provocando risos entre os convidados.

Vitaminados

Jamal, José Aparecido e Ibaneis ganharam do dono da BioMundo, Edmar Mothé, uma cesta com vitaminas e outros suplementos alimentares para dar vigor e energia. E do governador, Jamal e José Aparecido ganharam camisetas do Flamengo.

Presença festejada

O pioneiro Osório Adriano, fundador da Brasal, esteve presente ao almoço do Lide. Foi acompanhado do filho, Osorinho. Aos 93 anos, permanece atuante na presidência do grupo. Sua presença foi bastante festejada por empresários, políticos e autoridades presentes.

TCDF libera licitação do Teatro Nacional

Em sessão ontem, os conselheiros do Tribunal de Contas do DF aprovaram, com recomendações, o edital de licitação para a primeira etapa da reforma do Teatro Nacional. A Novacap vai contratar empresa para executar o projeto no valor estimado de R$ 51 milhões. Foi julgada improcedente a denúncia
de superfaturamento feita
pela empresa Concrejato. O TCDF pediu alguns ajustes ao edital e autorizou a continuidade do processo.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE