Boletim epidemiológico

Saúde confirma 520 novos casos e duas mortes por covid-19 no DF

Secretaria de Saúde notificou 520 diagnósticos positivos para a covid-19 nesta terça-feira (24/5). Além disso, mais duas pessoas não resistiram e perderam a batalha para o vírus

Rafaela Martins
postado em 24/05/2022 20:23 / atualizado em 24/05/2022 20:23
 (crédito: Reprodução/Instituto La Jolla de Imunologia)
(crédito: Reprodução/Instituto La Jolla de Imunologia)

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) confirmou 520 casos positivos para a covid-19 nesta terça-feira (24/5). De acordo com informações do Boletim Epidemiológico — divulgado somente nos dias úteis — o número representa 445 infectados a menos do que os contabilizados na segunda-feira (23/5), onde 965 pessoas testaram positivo.

Desta forma, o total de contaminados na capital federal chegou a 702.835. Desde o início da pandemia, a secretaria contabiliza que mais de 626 mil são moradores do DF, 36 mil de Goiás, 9 mil de outros estados e 30 mil estão em investigação.

Além disso, a pasta responsável notificou mais duas mortes em decorrência da covid-19. As vítimas eram do sexo masculino, tinham 80 anos ou mais, residiam no Distrito Federal e tinham comorbidades como pneumopatia e distúrbios metabólicos. Ao todo, 11.689 cidadãos não resistiram e perderam a batalha para o vírus no DF. 

Em levantamento realizado pelo Correio, a média móvel de infecções atingiu o valor de 542, o que representa um aumento de 168% em relação a 14 dias atrás. Já a média móvel de óbitos está em 3, o que representa um aumento de 36% na comparação com o cálculo de 14 dias atrás.

Transmissão no DF

A taxa de transmissão do novo coronavírus segundo o documento oficial da pasta alcançou 1,28 nesta terça-feira (24/5). Desta forma, o número traduz que um grupo de 100 pessoas podem infectar outras 128.

Após diversos aumentos na taxa —confirmadas pela SES — este é o terceiro dia que o número permanece abaixo de 1,3. Porém, o número ainda é preocupante pois quando ela está acima de 1, isso confirma que a pandemia está descontrolada, segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE