Combate

Ministério da Saúde lança campanha de combate ao Aedes aegypti

No verão, com as chuvas, aumenta a proliferação do mosquito, que se reproduz em água limpa e parada. Sintomas podem ser confundidos com os de doenças comuns, como gripes e resfriados

Agência Brasil
postado em 24/11/2020 10:23 / atualizado em 24/11/2020 10:25
 (crédito: Arquivo/ Agência Brasil)
(crédito: Arquivo/ Agência Brasil)

O Ministério da Saúde lança nesta terça-feira (24/11) a Campanha de Combate ao Mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya, doenças que podem gerar outras como a microcefalia e a síndrome de Guillain-Barré.  

De acordo com o último boletim epidemiológico do Ministério da Saúde, de janeiro até setembro deste ano, foram notificados 928.282 casos prováveis (taxa de incidência de 441,7 casos por 100 mil habitantes) de dengue no Brasil.

Os sintomas das doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti podem ser confundidos com outras mais comuns, como gripes e resfriados. Por isso, é importante estar em alerta e, em caso de sintomas, procurar um serviço de saúde para diagnóstico e tratamento adequados.

No verão, com as chuvas, aumenta a proliferação do mosquito, que se reproduz em água limpa e parada.

Acompanhe, ao vivo, o lançamento da campanha:

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE