Experimento

Doze garrafas de vinho voltam para Bordeaux após viagem no espaço

Depois de voltar à Terra em 13 de janeiro a bordo do navio de carga Dragon, da empresa privada SpaceX, os brotos Merlot e Cabernet Sauvignon e as garrafas foram transportados para Bordeaux, onde serão comparados com os lotes deixados em terra nas mesmas condições de armazenamento

Agência France-Presse
postado em 02/02/2021 09:26
 (crédito: Marcello Casal JrAgência Brasil)
(crédito: Marcello Casal JrAgência Brasil)

Doze garrafas de vinho e 320 brotos de videira chegaram na segunda-feira à noite em Bordeaux, no sudoeste da França, após passar 14 e 10 meses respectivamente na Estação Espacial Internacional (ISS) para um experimento científico.

Depois de voltar à Terra em 13 de janeiro a bordo do navio de carga Dragon, da empresa privada SpaceX, os brotos Merlot e Cabernet Sauvignon e as garrafas foram transportados para Bordeaux, onde serão comparados com os lotes deixados em terra nas mesmas condições de armazenamento.

"A missão WISE é o primeiro programa privado de pesquisa aplicada que aproveita o entorno espacial para responder aos desafios da agricultura do futuro em uma Terra mais quente e com menos água potável", disse à AFP Nicolas Gaume, co-fundador, junto com Emmanuel Etcheparre, do Space Cargo Unlimited, que iniciou o projeto.

Na ISS, as garrafas de vinho foram mantidas nas mesmas condições que na Terra, exceto pela gravidade. "Quando o entorno da Terra é recriado no espaço como na ISS, o único parâmetro que muda em relação com a Terra é a gravidade quase nula. Isso expõe a vida na ISS a um estresse imenso", explica Nicolas Gaume.

"Nossa abordagem é que os diferentes elementos vegetais que expomos a este fator de estresse espacial desenvolverão mais resiliência" diante de outros estresses, como os vinculados à mudança climática, destaca. "O que aprendemos no setor do vinho, pensamos em desenvolver em outros âmbitos agrícolas", acrescentou.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE