Tubo de ensaio

Fatos científicos da semana

Correio Braziliense
postado em 10/09/2021 20:46
 (crédito: Handout/AFP )
(crédito: Handout/AFP )

» Segunda-feira, 6
Perseverance recolhe amostra de rocha em Marte
A Nasa confirmou que o robô Perseverance coletou sua primeira amostra de rocha em Marte. “Conseguimos!”, tuitou a agência espacial americana, numa postagem em que foi anexada uma fotografia de um núcleo de rocha ligeiramente mais grosso que um lápis dentro de um tubo de ensaio. A primeira tentativa, em 5 de agosto, fracassou, porque a pedra estava muito quebradiça para suportar a broca do robô. Dados recebidos na última hora de 1º de setembro indicaram que a segunda tentativa havia sido bem-sucedida. “Com uma iluminação melhor no tubo de amostra, é possível ver que o núcleo de rocha coletado está lá”, observou a Nasa, acrescentando que a próxima etapa será selar o tubo e armazená-lo. “Essa é uma conquista transcendental, e estou ansioso para ver as descobertas incríveis do Perseverance e da nossa equipe”, declarou o administrador da agência, Bill Nelson. Último veículo explorador de Marte da Nasa, o Perseverance pousou na cratera de Jezero no Planeta Vermelho em fevereiro, no âmbito de uma missão em busca de sinais de vida microbiana antiga.

 

» Terça-feira, 7
Calor recorde no verão europeu
Foi por muito pouco, mas a análise de dados do Serviço Copernicus de Mudanças Climáticas (C3S) mostra que os termômetros atingiram um recorde no verão europeu este ano. Segundo as comparações, foi o mais quente nas últimas duas décadas — 0,1 graus Celsius a mais do que a temperatura registrada em 2010 e em 2018. “A temperatura média de junho a agosto para a Europa em 2021 estava perto de um grau Celsius acima da média de 1991-2020, tornando-o o mais quente”, assinala documento divulgado pelo C3S, da União Europeia. “Durante a onda de calor no sul da Europa, a temperatura chegou a 48,8 °C em 11 de agosto na Sicília. Se confirmada pela Organização Meteorológica Mundial, será a temperatura mais elevada já registrada na Europa”, acrescentou o relatório. A onda de calor também afetou Espanha, Grécia e Turquia, onde houve grandes incêndios.

 

» Quarta-feira, 8
Sete mil passos são suficientes
Caminhar pelo menos 7 mil passos por dia reduziu o risco de morte prematura de pessoas de meia-idade por todas as causas entre 50% a 70%, em comparação com outras pessoas da mesma faixa etária, que deram menos passos diários. Contudo, mais de 10 mil passos, ou mesmo andar em um ritmo mais acelerado, não diminuiu mais esse risco, segundo um estudo da Universidade de Massachusetts Amherst. As descobertas, publicadas na revista Jama, destacam os esforços para estabelecer diretrizes baseadas em evidências para atividades físicas simples e acessíveis. Os pesquisadores extraíram dados do estudo de Desenvolvimento de Risco de Artéria Coronária em Jovens Adultos (Cardia), que começou em 1985 e ainda está em andamento. Cerca de 2,1 mil participantes entre 38 e 50 anos fizeram parte da pesquisa.

 

» Quinta-feira, 2
A possível volta de La Niña
Há cinco meses, a Organização Meteorológica Mundial (OMM) declarou o fim da La Niña, após quase um ano de ocorrência — de agosto de 2020 a maio deste ano. Agora, a mesma OMM estima que há 40% de chances de o fenômeno reaparecer antes do fim do ano, devido a uma previsão de temperaturas acima da média, apesar do efeito de resfriamento produzido pela sua passagem recente. “No entanto, apesar do fenômeno La Niña, que geralmente tem como efeito resfriar o clima, as temperaturas medidas em terra devem estar acima da média entre setembro e novembro, especialmente no Hemisfério Norte”, destaca a agência das Nações Unidas. O impacto do fenômeno, que ocorre entre cada dois a sete anos, é sentido em grande parte do planeta sob a forma de variações na pressão atmosférica, nos ventos e nas chuvas, com efeitos geralmente contrários ao de outro fenômeno, o El Niño.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE