Buraco de ozônio em 2021 é um dos maiores

Correio Braziliense
postado em 21/12/2021 00:01

O Programa de Observação da Terra da União Europeia (Copernicus) informou que o buraco da camada de ozônio na Antártida está perto de fechar, fazendo dele um dos maiores e mais duradouros já registrados. A camada do ozônio na estratosfera protege a Terra de radiações ultravioletas potencialmente nocivas. Os gases CFC e HFC, emitidos por produtos como sprays, liberam cloro ao serem atingidos pelas radiações ultravioletas, causando a destruição do ozônio.

Tags

CONTINUE LENDO SOBRE