Vegetais protegem dos poluentes

Correio Braziliense
postado em 14/05/2022 00:01

A ingestão diária de vegetais como aipo, cenoura, nabo e salsa, ricos em fitonutrientes, podem ajudar a mitigar o efeito da exposição a poluentes do ar. Segundo cientistas da Universidade de Delaware, nos Estados Unidos, esses alimentos protegem o corpo do acúmulo de acroleína, um irritante para os pulmões e a pele encontrado de forma abundante na fumaça do cigarro e no escapamento de automóveis.

Em testes, a equipe liderada por Jae Kyeom Kim constatou que o estresse oxidativo desencadeado pela acroleína pode ser reduzido e seus impactos, mitigados com a ingestão regular de vegetais da família apiácea. "Os resultados sugerem que esses vegetais podem fornecer proteção contra danos e inflamação induzidos pela acroleína porque eles aumentam, no fígado, a conversão da acroleína em um ácido solúvel em água para excreção corporal", relatam os autores do artigo, publicado na revista The Journal of Nutritional Biochemistry.

Em uma segunda etapa da pesquisa, o grupo buscou determinar qual a quantidade desses alimentos deve ser ingerida para obter o benefício. "Quando calculamos isso, determinamos que a quantidade diária real de calorias de vegetais apiáceos para humanos é de aproximadamente 1 e 1/3 xícara por dia", afirma Kim. "Não requer uma alta ingestão para ver a diferença, e essa é uma quantidade alcançável."

Kim e colegas enfatizam a importância de implementar mudanças comportamentais na dieta como solução para combater o acúmulo de substâncias tóxicas. "A pesquisa identificou que é a totalidade de nutrientes em frutas e vegetais que suporta resultados benéficos para a saúde em vez de um único nutriente", justifica. "Focar em uma dieta saudável de alimentos integrais é mais impactante do que confiar em suplementos individuais."

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE