Internet

Felipe Neto investe R$ 100 mil para contratar artistas negros para canal

Youtuber, cujo canal tem 39 milhões de seguidores, vai contratar outros influenciadores para publicar vídeos aos sábados

Bruna Yamaguti*
postado em 06/08/2020 17:25 / atualizado em 07/08/2020 00:01
 (foto: Reprodução/Instagram)
(foto: Reprodução/Instagram)

O youtuber e empresário Felipe Neto investirá cerca de R$ 100 mil na contratação de artistas negros. Em entrevista para o portal UOL, o influenciador digital conta que o objetivo é abrir espaço para esses comunicadores lançarem vídeos em seu canal, que tem hoje 39 milhões de seguidores.

“É uma janela para que eles possam atingir um novo público e atraírem novos seguidores, além de serem remunerados por isso. E isso é só o início”, afirma a celebridade da web, que completa: “Eu acredito que pessoas em posição de privilégio devam refletir e agir sobre formas de ceder espaço para outras que possam se favorecer desse espaço para ter protagonismo”.

Os vídeos extras serão lançados no canal do youtuber aos sábados, a partir desta semana. O primeiro será protagonizado pelo ator e humorista Pedro Ottoni, dono do canal ATORmentado.

Os nomes confirmados para as próximas semanas incluem Yuri Marçal, Thamirys Borsan, Douglas Carneiro, Rhudson Victor e Preta Araujo.

Paulo Gustavo


Em junho, em meio a uma onda global de ações e protestos pelo fim do racismo, o ator Paulo Gustavo decidiu ceder, por um mês, sua conta com 13,5 milhões de seguidores no Instagram à filósofa e escritora negra Djamila Ribeiro.

"Me sinto na obrigação de ajudar e o meu melhor posicionamento será de escutar e aprender! Vamos visibilizar as vozes que sempre falaram, mas não foram ouvidas! Vamos aprender juntos? Essa é uma luta de todas e todos! Conhecer e entender o racismo no país é nossa responsabilidade política!", disse Paulo Gustavo à época.

*Estagiária sob supervisão de Fernando Jordão

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação