Programe-se

"Amor imensurável", descreve o cantor Fábio Jr. sobre a relação entre pai e filho

Para homenagear os pais, o cantor Fábio Jr. realiza a terceira live da carreira neste domingo. Confira a entrevista com o artista

ROBERTA PINHEIRO
Roberta Pinheiro
postado em 07/08/2020 10:29 / atualizado em 07/08/2020 10:30
 (foto: Conteúdo Comunicação/Divulgação)
(foto: Conteúdo Comunicação/Divulgação)

Em 1978, Fábio Jr. concretizou em melodia e composição o amor entre pai e filho. Apresentada pela primeira vez em um dos episódios de Ciranda cirandinha, série mensal exibida pela Rede Globo, a canção Pai tornou-se não apenas uma declaração de amor, amplificando emoções na voz do cantor, como também a tradução de sentimentos que, muitas vezes, não se definem perfeitamente com palavras.

No domingo (9/8), data na qual se celebra o Dia dos Pais, o cantor, aos 66 anos e pai de cinco filhos, empresta a voz para milhares de brasileiros declararem o amor, a admiração e a saudade. Fábio Jr. realiza o terceiro show virtual da carreira com transmissão, pela Band e pelo YouTube, a partir das 15h45. “Estamos nos adaptando a essa nova realidade artística, mesmo que por um período, tivemos que nos reinventar. É difícil não fazer shows, com público e tudo mais, mas só de saber que tenho a energia das pessoas que estão me assistindo, é gratificante demais e, assim, consigo matar um pouco a saudade de estar no palco cantando”, conta o artista.

Confira a entrevista com o cantor:

Para alguém que canta tantas canções de amor, o que é o amor de pai?

Caramba! É imensurável, é um amor que não existe outro igual e transborda do peito. Depois que se conhece esse amor, não tem mais nada que possa fazer falta, esse sentimento já basta.

Como tem sido o sentimento de manter o contato com os filhos por aplicativo?

Tem sido de saudade, mas, no momento, é o que podemos, então, vamos matando um pouco da saudade assim mesmo.

Como é ser pai de filhos de idades tão diferentes?

Ah, caramba, é maravilhoso! Cada um com o seu tempo e momento, além das personalidades, que eles têm bastante.

A música Pai é uma homenagem ao seu pai?

Sim, a música Pai é uma homenagem para o meu pai, é a música mais importante da minha carreira.

Como você analisa a relação que você tinha com o seu pai e a relação que tem, hoje, com seus filhos? Mudou?

Procuro seguir as referências que tinha do meu pai, com meus filhos. Somos muito unidos e amigos. A nossa relação é mais de amizade do que pai e filho.

Como você pensa o Brasil de hoje? É mais difícil criar um filho hoje em dia?

Acho que o mundo está mais difícil, mas, também, as crianças de hoje estão preparadas para esse mundo “louco”. Cada geração encontra as suas dificuldades e vão sabendo administrar as mudanças do mundo.

 

Serviço

Live Fábio Jr. – Especial Dia dos Pais
Domingo, 12 de agosto, às 15h45, no canal oficial de Fábio Jr. no YouTube, pela Band, Band FM, Nativa FM e Play FM.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação