Horóscopo: confira o que os astros revelam para esta segunda (10/8)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar esta segunda-feira, 10 de agosto, de acordo com cada signo

Oscar Quiroga
postado em 10/08/2020 06:00
 (foto: Stan Honda/AFP; CB )
(foto: Stan Honda/AFP; CB )

Escala de valores

Data estelar: Mercúrio e Urano em quadratura; Lua míngua em Touro

Para julgar o que acontece e tomar decisões acertadas, tu precisas ter uma escala de valores, que se define pelos princípios fundamentais, sem os quais, a construção de tua experiência de vida não faria nenhum sentido nem tampouco teria um direcionamento. Sim, é necessário julgar, porque sem juízo tu serias menos humano, já que te é inerente ter de tomar decisões e fazer escolhas. Sim, tu precisas ter uma escala de valores e princípios e, de tempos em tempos, aproveitar os acontecimentos que contrariam alguns desses para os revisar e, se necessário for, os mudar completamente. Consciência é o que te distingue de todos os outros reinos da natureza. Consciência para julgar e fazer escolhas, e consciência para construir uma escala de valores que não há de ser engessada, mas mutável de acordo com a necessidade.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

Segurar as rédeas e dominar o cenário, nada mais e nada menos do que isso se tornou necessário neste momento. Isso exige uma postura determinante, sem, no entanto, pisar no calo de ninguém. Muita diplomacia.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Chega um momento na vida, que para você é agora, em que não se pode contemporizar nada e, ao contrário, é necessário agir com firmeza para garantir que suas visões prevaleçam. É conflito e harmonia ao mesmo tempo.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

A preguiça é uma serpente venenosa que destrói seus planos, enquanto você imagina que esperar por um golpe de sorte seria tudo que de melhor sua alma poderia fazer. Só a ação firme e determinada resolve isso.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Seria melhor que todo mundo concordasse, se desse as mãos e unisse esforços em torno de um objetivo. Seria melhor, porém, o cenário está longe disso. Conduza as coisas na direção da harmonia com sua boa vontade.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Dizem que no fim dá tudo certo, e que, se ainda está tudo incerto, é porque não chegou ao fim. Se essa é uma descrição fiel da realidade, está para se ver, mas que, com certeza, você ainda está longe do fim, isso é assim.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

As perspectivas de ampliação de seus interesses convivem com o profundo desânimo que toma conta de sua alma. Essa tensão há de ser administrada por você com sabedoria, porque é fonte de muita criatividade.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

Driblar os problemas para que o cenário pareça harmonioso, em quaisquer outros momentos da vida essa estratégia daria certo. Porém, este não é um momento qualquer, é preciso acertar os problemas no coração.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

Ninguém concorda com o que precisa ser feito e isso faz com que o tempo passe e nenhuma ação eficiente seja empreendida. Seria melhor que todas as pessoas fossem engrenagens, mas não são. É preciso entrar em acordo.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Há assuntos que merecem maiores explicações, porque as pessoas com que você se relaciona não as entendem, não importando quão claras e óbvias sejam para você. Há um abismo de entendimento que precisa ser superado.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

Por mais que você dê voltas e mais voltas sobre os assuntos que lhe interessam, para que tudo aconteça do jeito que você deseja, há fatores que não estão sob seu domínio e que subvertem os planos. Melhor aceitar.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

Ajustes de conta nunca são muito agradáveis, porque se fossem, o nome seria outro. Porém, é isso que temos neste momento, aparar arestas, rever as diferenças e, se tudo der certo, tirar mais harmonia disso.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

É muita coisa para fazer, mas todas são necessárias. Por isso, se muna de boa vontade e mãos à obra! O tempo não espera por ninguém e, neste momento, seria uma pena você deixar para depois o que se pode fazer agora.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação