Música

Comunidade musical se mobiliza contra isenção de pagamento de direitos autorais

O plenário da Câmara dos Deputados deve votar nesta quinta-feira (13/8) o projeto de lei que isenta órgãos públicos e entidades filantrópicas do pagamento de direitos autorais pela execução de obras musicais e lítero-musicais

Correio Braziliense
postado em 12/08/2020 17:58 / atualizado em 12/08/2020 18:28
 (foto: Reprodução/Instagram)
(foto: Reprodução/Instagram)

Comunidade musical se mobiliza contra resolução que isenta órgãos públicos e entidades filantrópicas do pagamento de direitos autorais pela execução de obras musicais e lítero-musicais. O plenário da Câmara dos Deputados incluiu, na pauta desta quinta-feira (13/8), a votação do Projeto de Lei 3968/1997, que faz referência à isenção.  

O deputado Newton Cardoso Jr (MDB/MG) entrou com um requerimento de urgência para incluir a matéria na pauta de votação. O PL traz ainda propostas apensadas que ampliam as isenções, incluindo, no grupo de beneficiários, os proprietários de hotéis, motéis e de transporte.

A comunidade musical vem se posicionando contra a resolução, vista como um ataque à classe artística, sobretudo, em um contexto no qual os trabalhadores do ramo se encontram em situação delicada devido à pandemia do novo coronavírus. Eles buscam pressionar os deputados para votarem contra o projeto.

 

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 

Mais um direito do trabalhador sendo ameaçado !!???????????? Agora é na música !!! Todo o trabalhador que atua na gravação de uma música,que cria um fonograma(música registrada), pode deixar de receber seus direitos .E isso não prejudica só os compositores não,quem gravou,ganzá,cavaquinho,zabumba,flauta,e que recebe seus direitos conexos,deixará de receber caso essa alteração na lei dos direitos autorais seja concretizada...E isso tudo justamente num momento onde a classe musical está sendo mais afetada !!! Portanto amigos músicos,isso não atinge só "os grandes" não ... Fiquem atentos !! ???????????????????????????????? #naoapl3968/1997 #pl3968/97nao #3968/1997 #direitos #3968/97 #direitosautorais #mobilizaçãomusical @newtoncardosojr felipecarreras @arthurlira.deputadofederal @mauriciodziedricki @magdamofatto.goias @_pedrolucasfernandes @wolneyqueiroz @pauloganime @herculanopassosoficial @deputadoleomoraes

Uma publicação compartilhada por Junior Russo (@junior_russo_) em

 

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 

Vão votar nessa quinta, e pronto! Nos ajudem a subir as tags? Pressionem os seus parlamentares. Veja de que lado estão... O projeto de lei 3968/97 vem sendo ressuscitado novamente e com pedido de urgência por parte de alguns deputados na câmara. Como podem ver pelo nome, ele foi criado no ano de 1997 e durante esses 23 anos foi ganhando apensos e outros projetos CONTRA OS DIREITOS AUTORAIS foram se tornando "afluentes" dele. Mais uma vez colocado em pauta com a justificativa de isentar órgãos públicos e entidades filantrópicas do pagamento de direitos autorais, mas ELE TRÁS INÚMEROS PROJETOS ESCONDIDOS NA MANGA que criam varias outras isenções e, SE APROVADO, ABRE PRECEDENTE PARA AS DEMAIS! E ai nesse cenário, seremos obrigados a VER O FIM DOS DIREITOS AUTORAIS NO BRASIL!!! Pelos nossos direitos, pela manutenção da renda de 300 mil famílias, pela inconstitucionalidade do projeto, por mais uma vez tentarem usurpar nossa renda EM PLENA PANDEMIA e pela VIDA DA MÚSICA BRASILEIRA, NÓS SOMOS CONTRA O #PL3968 de 1997!!! #NAOAOPL3968/97 #SALVEMOSDIREITOSAUTORAIS #BRASILSEMMUSICA #RESPEITEMEUDIREITO #RESPEITEMINHAARTE #ECAD

Uma publicação compartilhada por Sergio Jr. (@eusergiojr) em

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação