Premiação

Goiano Alex Shinoda vence concurso de produção da nova marca do Rock Cerrado

Nova logomarca do festival é inspirada na folha do Baru, no cipó do cerrado e em animais nativos do cerrado

Devana Babu*
postado em 17/08/2020 20:10 / atualizado em 17/08/2020 20:11
 (foto: Hellen Bueno/Divulgação)
(foto: Hellen Bueno/Divulgação)

A organização do festival Rock Cerrado divulgou, com exclusividade ao Correio, o resultado do concurso para escolha da nova logomarca do festival. Foram 23 inscrições do Distrito Federal e sete estados brasileiros, e quem levou o prêmio de R$ 2000 foi o designer gráfico Alex Shinoda, de 34 anos, morador de Goiânia (GO). Alex é nome de batismo, e Shinoda é um apelido herdado de Mike Shinoda, vocalista da banda Linkin Park, da qual Alex é fã.

As propostas foram analisadas por sete jurados que pontuaram os sustentabilidade, consonância com as redes sociais, criatividade, inovação, relação ecológica com o cerrado e relação artístico-musical.Todos os logotipos participantes serão expostas durante a 14ª edição do festival, ainda sem data.

Para criar a logomarca ganhadora, o artista se inspirou em cores e elementos típicos do cerrado, enfatizando a relação entre rock e ecologia que dá o tom do festival. “A maior dificuldade foi fazer com que todos os elementos escolhidos durante as pesquisas criassem um conjunto harmônico entre formas e cores. Eu queria utilizar a folha do baru, o cipó do cerrado e alguns animais típicos da região, e, para que a composição não ficasse pesada, tive a ideia de fazer a guitarra utilizando a imagem das folhas. Para representar os animais eu utilizei Gestalt, onde o negativo das formas forma as letras e, ao mesmo tempo, destaca-se a figura de cada animal”, explica.

Fã de rock e formado em design gráfico, Alex trabalhou por oito anos em uma agência de publicidade e, há três e meio, no departamento de marketing da Rede Metropolitana de Transporte Coletivo de Goiânia. De vez em quando, procura fazer freelances para tirar um extra. Nesse sentido, o prêmio veio bem a calhar. “Fiquei muito feliz, nunca havia ganhado um prêmio na minha área de atuação. Não queria apenas participar, mas queria ganhar. Por isso, me dediquei bastante nesse projeto. No final fui recompensado pelo meu esforço. Mas a ficha ainda não caiu”, conta o vencedor, e agradece: “Gostaria de parabenizar o pessoal do Rock Cerrado pelo projeto e agradecer minha esposa Hellen Bueno pelo apoio de sempre. ”

Rock Cerrado

Realizado no Distrito Federal desde 1986, o festival Rock Cerrado tem a 14ª edição realizada com recurso do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC-DF) e prevê, além do concurso para escolha da nova logomarca, uma série de seletivas regionais no Plano Piloto, Taguatinga, Ceilândia, Gama e Valparaíso (GO). A organização considera transmitir as seletivas pela internet e realizar o festival em 2021. As definições serão divulgadas no site do evento.

*Estagiário sob a supervisão de Ricardo Daehn

  • Esboço a lápis, diagrama técnico e arte final: três etapas da construção da nova logomarca do Rock Cerrado
    Esboço a lápis, diagrama técnico e arte final: três etapas da construção da nova logomarca do Rock Cerrado Foto: Alex Shinoda/Rock Cerrado/Divulgação
  • Esboço a lápis, diagrama técnico e arte final: três etapas da construção da nova logomarca do Rock Cerrado
    Esboço a lápis, diagrama técnico e arte final: três etapas da construção da nova logomarca do Rock Cerrado Foto: Alex Shinoda/Rock Cerrado/Divulgação
  • Esboço a lápis, diagrama técnico e arte final: três etapas da construção da nova logomarca do Rock Cerrado
    Esboço a lápis, diagrama técnico e arte final: três etapas da construção da nova logomarca do Rock Cerrado Foto: Alex Shinoda/Rock Cerrado/Divulgação

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação