Regina Duarte

Regina Duarte quebra três dentes em queda: "fui de boca no chão"

A atriz revelou que o acidente foi causado pelo mau uso do celular enquanto caminhava. A ex-secretária da Cultura apontou ainda que o aparelho "pode ser uma arma"

Ingrid Soares
postado em 30/08/2020 12:32 / atualizado em 30/08/2020 12:32
 (foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)
(foto: Antônio Cruz/Agência Brasil)

A atriz e ex-secretária da Cultura Regina Duarte sofreu uma queda nas ruas de São Paulo e precisou passar por cirurgia após quebrar três dentes. “Não tive tempo de amortecer, fui de boca no chão”, contou.

Segundo relato publicado nas redes sociais, a desagradável experiência ocorreu no último dia 13 de agosto, porém ela resolveu expor o assunto na noite de ontem (30/8). Na rede social, a atriz revelou que o acidente foi causado pelo mau uso do celular enquanto caminhava. Regina apontou que o aparelho “pode ser uma arma”.

“O celular pode ser uma arma. Uma distração, um informante de conhecimentos e cultura. O celular pode ser um professor, um fofoqueiro, uma distração, um potencial solucionador e pode ser também uma arma que deve ser mantida para ser usada em espaços de segurança. Quero partilhar com vocês minha desagradável experiência. Eu não levava em conta os perigos a que estamos expostos quando menosprezamos o quão perigoso pode ser um celular, o mau uso dele. Há duas semanas, caminhando rapidamente numa calçada irregular de São Paulo, vinha eu digitando uma mensagem que considerava 'urgente' e não me dei conta de uma depressão que existia logo ali à minha frente. Resultado: pisei em falso nela, aterrissei de boca no chão, queixo, nariz, dente. Não tive tempo de amortecer a queda, fui de boca no chão”.

Regina completou ainda que a cirurgia durou uma hora e meia. “Quebrei 3 dentes, muito sangue, a boca cheia de cacos de porcelana, pessoas que viram a queda assustadas querendo me levar prum hospital, eu recusando, estava mesmo bem perto de minha casa, agradeci e fui, no aconchego do lar, avaliar o estrago”.
Ela apontou que ligou para um médico que a atendeu prontamente e lhe aplicou anestesia. Em seguida, foi ao encontro de um cirurgião plástico. “Já com a boca anestesiada segui pro meu cirurgião plástico no Pronto Socorro do Sírio, para uma cirurgia de hora e meia. Foram 16 pontos em 3 camadas do epitélio que fiz questão de assistir, claro que depois de 4 tubos de anestesia e sem sentir 1 pingo de dor”.

Por fim, Regina alertou os seguidores para o tema que caracterizou como “utilidade pública” e disse que de agora em diante, utilizará o aparelho com mais responsabilidade. “Lembrar que, mais uma vez, é imprescindível ficarmos alertas para os perigos do uso equivocado dos celulares. Esses aparelhinhos tiram de nós a capacidade de concentração, nos mantém atrelados a eles atrasando os reflexos e podendo pôr em risco a nossa vida.... De agora em diante só uso o celular com responsabilidade, me protegendo dos perigos que possam me causar. Estou bem, gracias, amo vocês”, concluiu.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação