Programação

Primeira edição do Festival Primo Pobre terá versão híbrida

Na primeira edição do festival, sete artistas marcam presença na programação de 4 a 6 de setembro. Os shows são realizados de forma híbrida, ao vivo por telão e com plateia limitada

Correio Braziliense
postado em 03/09/2020 14:53 / atualizado em 03/09/2020 14:53
 (foto: Influenza Produções/Divulgação)
(foto: Influenza Produções/Divulgação)

Com o objetivo de contornar a situação causada pelo coronavírus quando muitos artistas do Distrito Federal ficaram sem a fonte principal de renda e voltar aos poucos com as apresentações, o Bar Primo Pobre organizou um festival musical, que conta com a presença de vários artistas locais, a ser realizado em 4, 5 e 6 de setembro, no horário normal de funcionamento do bar.

Para tornar as apresentações possíveis, a primeira edição do festival terá a presença ao vivo dos artistas, mas de forma híbrida. No local, um telão em tamanho real será o responsável por unir os músicos à plateia.

A curadoria da Influenza Produções reuniu sete artistas para esta edição: Dj A, Camila Jun, UMiranda, Paula Torelly, Léo Cabral, Victor Vitrola e Letícia Fialho. Para apoiá-los, portanto, haverá um couvert voluntário, com valores que variam de R$ 10 a R$ 30, totalmente revertido para eles.

Para preservar a segurança dos colaboradores e clientes, o espaço funcionará com limite de pessoas, com mesas ao ar livre e distância de 2,5 metros entre cada uma, respeitando o distanciamento social.


Serviço

Festival Primo Pobre
(203 Norte, Bl. D, Loja 67/73, no Jardim Iluminado). Sexta-feira (4/9), das 17h às 1h; Sábado (5/9), das 13h às 1h; e domingo (6/9), das 15h às 23h. Ingressos entre R$ 10 a R$ 30. Classificação indicativa: 18 anos. Telefone para reserva: 99648-6630.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação