Luto

José de Abreu perde irmã e sobrinho em dois dias: "Dias difíceis"

Rapaz estava em coma havia 15 anos, dois dias após a morte dele, a mãe faleceu

Correio Braziliense
postado em 09/09/2020 21:17
 (foto: Tata Barreto/TV Globo)
(foto: Tata Barreto/TV Globo)

O ator José de Abreu prestou uma homenagem nesta quarta-feira (9/9), via redes sociais, para a irmã Maria Elvira e o filho dela, Itamar, que morreram em um espaço de tempo de apenas dois dias.

O sobrinho do ator morreu após 15 anos de coma. Ele entrou em coma depois de sofrer um infarto aos 41 anos.

"Dias difíceis: anteontem morreu meu sobrinho Itamar. Hoje, morreu minha irmã, sua mãe, Maria Elvira. Quatro anos mais velha que eu sempre me ensinou muito: principalmente a cantar. Dor imensa!", escreveu o ator.

"Maria Elvira e Itamar. Mãe e filho partindo e deixando a dor da perda. Te devo muito, minha irmã. Principalmente por ter cuidado do meu filho e da minha mãe. E ter me ensinado a cantar as melhores canções brasileiras. Que a festa no céu seja boa!", completou em outro post.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 

RIP Maria Elvira e Itamar. Mãe e filho partindo e deixando a dor da perda. Te devo muito, minha irmã. Principalmente por ter cuidado do meu filho e da minha mãe. E ter me ensinado a cantar as melhores canções brasileiras. Que a festa no céu seja boa!

Uma publicação compartilhada por Jose de Abreu (@josedeabreu) em

 

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 

Praia do Gonzaga, Santos. 1947. Minha irmã e eu. Não há mais ninguém mais velho que eu na família, sou o último dessa geração.(E o curioso querendo saber que era aquilo?) Na outra foto, toda a família. Só fiquei eu. Dói muito. Ainda mais estando tão longe.

Uma publicação compartilhada por Jose de Abreu (@josedeabreu) em

Maria Bopp, neta de Maria Elvira e sobrinha de Itamar, também se manifestou nas redes e disse que Maria Elvira ainda não sabia da morte do filho quando faleceu.

"Estávamos ensaiando como faríamos isso. Eles sempre foram muito conectados e nas ultimas semanas isso ficou muito claro. O fio invisível que entrelaçava a vida dos dois passou a ser concreto e palpável. Hoje cedo o Ma decidiu que minha vó não precisava passar por essa dor. Ele simplesmente entrou no quarto e levou ela junto com ele. Minha vó partiu de manhã, sem dor, rápida e tranquilamente, num dia luminoso como ela", afirmou.

 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 

Ainda na?o ti?nhamos contado a noti?cia da morte do meu tio Ma? pra minha vo?, esta?vamos ensaiando como fari?amos isso. Eles sempre foram muito conectados e nas u?ltimas semanas isso ficou muito claro. O fio invisi?vel que entrelac?ava a vida dos dois passou a ser concreto e palpa?vel. Hoje cedo o Ma? decidiu que minha vo? na?o precisava passar por essa dor. Ele simplesmente entrou no quarto e levou ela junto com ele. Minha vo? partiu de manha?, sem dor, ra?pida e tranquilamente, num dia luminoso como ela. Foi exatamente como deveria ser, da melhor maneira possi?vel. Me alivia muito pensar que eles esta?o juntos, lindos e coloridos, desfrutando desse amor insolu?vel. Minha vo? era um capi?tulo a? parte - ainda vou escrever algo exclusivamente pra ela. Maria Elvira de Abreu Bopp, a mulher mais linda e poderosa que passou pela terra! Minha vo? sempre foi um acontecimento, um vulca?o, um blockbuster! Impossi?vel na?o ser arrebatado por toda sua maravilhosidade, em todos os sentidos da palavra! Eu sei que o peri?odo de coma do meu tio causou muita dor a ela, mas eles tiveram um final feliz. Essa certeza me acalma o corac?a?o. Obrigada mais uma vez, Ma?, por esse gesto final. Te amo muito e pra sempre, vovo?! ????????????

Uma publicação compartilhada por Maria Bopp ?? (@mariabopp) em

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação