Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para esta sexta-feira (11/9)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar esta sexta-feira, 11 de setembro, de acordo com cada signo

Oscar Quiroga
postado em 11/09/2020 06:00
 (foto: Stan Honda/AFP; CB)
(foto: Stan Honda/AFP; CB)

NÃO HAVERÁ RETROCESSO

Data estelar: Sol e Netuno em oposição; Lua míngua em Câncer.

Todo ser humano é quem é, porque a Vida de sua vida arde no seu coração, lhe brindando com recursos intelectuais, emocionais e físicos para perceber e intervir nos acontecimentos, arrancando a imaginação do estado abstrato e a convertendo em obras consumadas para compartilhar com os semelhantes e diferentes. Todos os seres humanos estão equipados para se abrir passagem por entre o céu e a terra e, felizmente, as dificuldades da segregação em classes sociais como resultado de origem genética vêm sendo abolidas há milênios. Apesar de ainda não termos construído um mundo equânime e que o bando de pervertidos segregacionistas não descansa na sua luta infame para preservar as desigualdades sociais, não haverá retrocesso, mas avanço, porque a verdade absoluta do funcionamento do Universo assim o estabelece.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

Há coisas que não têm como ser resolvidas, elas precisam apenas ter um lugar onde as deixar amadurecer para, se for o caso, chegar o momento de as abordar. Porém, por enquanto, é melhor as deixar de lado e só isso.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

O descontrole parece sempre ser uma perspectiva a ser evitada, mas em momentos da história humana, como esse que está em andamento, tentar controlar significa se frustrar, porque tudo é muito novo. Flexibilidade.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Ainda que você não tenha certeza a respeito de qual seria a melhor ação a ser empreendida, valerá mais que você aja de forma imperfeita do que perder seu tempo tentando encontrar a chave de ouro. Em frente.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Talvez não seja muito o que possa ser feito, talvez apenas emitir algumas opiniões, porém, o pouco que você se atrever a fazer, pelo menos criará um ambiente onde, no futuro próximo, outras iniciativas serão tomadas.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Apesar de todas suas incertezas interiores, suas atitudes conseguem ser firmes e assertivas, e é isso que as pessoas precisam. Por enquanto, é melhor deixar suas incertezas para o foro íntimo, sem as compartilhar com ninguém.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

Num relacionamento sempre haverá mais de duas pessoas envolvidas, porque todo ser humano é uma rede ambulante de conexões. Tenha isso em mente nesta parte do caminho, para aceitar tudo que realmente está envolvido.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

Apesar de todos os dilemas que atormentam sua alma, se você se dedicar a fazer o pouco que estiver ao seu alcance, o tempo continuará passando, como sempre o faz, e logo mais você despertará do transe da atualidade.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

Há uma brecha para você avançar nos seus propósitos. Por isso, o mais importante, neste momento, é que sua alma tenha muita clareza a respeito dos propósitos que persegue, para não se dispersar em tolices.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Neste momento, sua alma transita por um terreno seguro e produtivo, porém, está rodeada de gente que perdeu a cabeça e que, por isso, atrapalha bastante. Procure tomar distância, ou ajudar, dentro do possível.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

Suas ideias podem mesmo ser as melhores e maiores, mas acontece que esta parte do caminho é trilhada em companhia de outras pessoas e, por isso, vale mais dividir o espaço para as ideias se manifestarem.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

Pequenos movimentos que, aparentemente, não tragam resultados imediatos nem grandiosos, serão preferíveis a tentar encontrar a tacada certeira que consiga resolver tudo de uma vez só. Isso não é disponível agora.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

No fim, você fará o que tiver vontade, sem importar o quanto isso contrariar tudo que tiver sido combinado. O exercício de sua vontade é legítimo, porém, há de se levar em conta as questões das relações também.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação