Polêmica

Novo livro envolve J.K. Rowling em novas críticas por transfobia

Na nova obra, um assassino em série se veste de mulher para cometer feminicídio

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 14/09/2020 18:23
 (crédito: Justin TALLIS / AFP)
(crédito: Justin TALLIS / AFP)

Após ter sido criticada, nos últimos tempos, por uma série de declarações consideradas transfóbicas, a escritora J.K. Rowling (da saga Harry Potter) colocou mais lenha na fogueira com o lançamento do livro, Troubled blood (Sangue perturbado), sob o pseudônimo de Robert Galbralth.

No romance, que será lançado nesta terça-feira (15/9) no Reino Unido, o detetive Cormoran Strike investiga o caso de um assassino em série que se veste como mulher para matar mulheres cis. Trata-se do quinto livro de Robert Galbralth, todos da saga do detetive Strike. No Twitter, a hashtag #RIPJKRowling está entre os assuntos mais comentados de hoje.

Os três primeiros livros da série são retratados na série Strike, exibida pelo canal MAX e pelo aplicativo HBO GO. No Brasil, os livros são publicados pela editora Rocco, responsável também pela franquia do bruxo, e que já anunciou a tradução do novo livro, ainda sem data de lançamento no Brasil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação