Jornal Correio Braziliense

Cinema

CCBB promove mostra MacaBRo, com filmes de terror nacionais

Serão 44 longas e curta-metragens exibidos entre os dias 28 de outubro a 23 de novembro

O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) irá promover uma mostra de terror 100% brasileira. Serão 44 produções entre longas e curtas-metragens da nova geração de diretores e diretoras do gênero.

As produções, exibidas entre os dias 28 de outubro e 23 de novembro farão parte da mostra MacaBRo – horror brasileiro contemporâneo. As sessões serão gratuitas e exibidas de forma on-line, pelo site da Darkflix, devido à pandemia do novo coronavírus.

A programação da MacaBRo ainda inclui o curso Trajetória do horror no cinema brasileiro; a palestra Diretoras e o terror, com a pesquisadora e realizadora Beatriz Saldanha; e a palestra Escrevendo histórias de terror para o cinema, com Gabriela Almeida. As inscrições serão limitadas e podem ser feitas pelo site do Sympla.

Divulgação/CCBB - Mostra MacaBRo – Horror Brasileiro Contemporâneo

Entre os filmes que serão exibidos estão: Morto não fala, de Dennison Ramalho; O animal cordial, de Gabriela Amaral Almeida; Sem seu sangue, de Alice Furtado; O cemitério das almas perdidas, de Rodrigo Aragão; Quando eu era vivo, de Marco Dutra; Terminal Praia Grande, de Mavi Simão; O Clube dos Canibais, de Guto Parente; A casa de Cecília, de Clarissa Appelt; Condado macabro, de André de Campos Mello e Marcos DeBrito; e Mal nosso, de Samuel Galli.

A programação de curtas irá homenagear Zé do Caixão, incluindo um documentário, uma animação e filmes experimentais, raros e pouco vistos, como A lasanha assassina, Tirarei as medidas do seu caixão, O saci e Coração das trevas.