HORÓSCOPO

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para este sábado (7/11)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar este sábado, 7 de novembro, de acordo com cada signo

Oscar Quiroga
postado em 07/11/2020 06:00
 (crédito: Pixabay/Reprodução)
(crédito: Pixabay/Reprodução)

Consertando a civilização

Data estelar: Sol e Marte em quincunce; Lua míngua em Leão

De vez em quando a alma humana desperta para a realidade e se comove com ela, porque percebe tudo estar errado, todos os valores subvertidos, e isso lhe provoca revolta. Não há como melhorar a civilização de um dia para o outro, o que cada um de nós e todos juntos podemos fazer é apenas plantar sementes para que as futuras gerações, na melhor das hipóteses, e no exercício pleno do livre arbítrio, possam desenvolver e colocar em prática. Vociferar, destruir e viver em oposição a tudo que está aí, isso é algo que pode aliviar por um momento a angústia, causando comoção, porque comovida está nossa humanidade. Porém, não provoca um ponto de inflexão para qualquer tipo de mudança. Todos os erros que nos enfadam na civilização terão de ser tratados na educação, em nós mesmos, antes de tudo, e nas novas gerações também.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

As apostas são altas e proporcionais são os temores também. Isso é natural, e não há de servir de argumento para ter mais prudência ou coisa que o valha. É mais importante se atrever, neste momento, do que ser prudente.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

O passado é um firme ponto de apoio para tudo, porém, é através das conversas de sua consciência com o futuro que se processam as grandes mudanças de vida. Solte as amarras do passado e entre no caminho do futuro.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Se tudo na vida fosse agradável, provavelmente não saberíamos o que fazer com a vida, porque não temos esse conhecimento de viver com plena qualidade o tempo inteiro. Brigue o menos possível com o desagrado, é necessário.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Cada coisa em seu devido lugar, e um devido lugar para cada coisa. Organize seu tempo para não atropelar nada nem ninguém na busca frenética de satisfazer algum desejo. Há tempo para tudo, é só organizar. Aí sim.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Uma vida de qualidade não depende de tudo ser perfeito, de acordo com seus desejos. Uma vida de qualidade depende de você ter atenção e ir fazendo os devidos ajustes, à medida em que se tornarem necessários. Isso sim.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

Este é um bom momento para conversar sobre suas inquietações, sem esperar que sua alma seja totalmente compreendida por isso. As conversas não hão de ser definitivas, apenas o momento de plantar algumas sementes.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

Nada é completamente seguro, porém, isso não significa que não se possa seguir em frente. Sobre a marcha dos acontecimentos, a segurança que sua alma busca será encontrada e consolidada. Por isso, seguir em frente.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

O momento é muito favorável a empreender ações das quais você espere resultados concretos e imediatos. É necessário, porém, que seu foco seja quase perfeito, sem distrações, sem dilemas nem tampouco hesitações.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Este é um momento de percepções claras e lúcidas para você, mas não de tirar conclusões ainda. Por isso, procure observar a realidade com imparcialidade e desapego, e levar suas percepções para casa e refletir.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

Fazer amizades e se conectar socialmente, isso é muito bom, apesar de trazer problemas também. De toda maneira, os relacionamentos humanos são complexos, porém, enriquecem as pessoas que se envolvem também.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

O vigor renovado com que algumas pessoas se lançam à aventura da vida é bastante inspirador, porque a mesmice andou minando seu bom humor e disposição. Procure se espelhar nelas, e se autorizar a brincar com a vida.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

De pouco em pouco se trilha um grande caminho. Enquanto isso, a emoção vive a grandeza e, de vez em quando, se enfada porque no dia a dia as coisas não têm o tamanho imaginado. De pouco em pouco se trilha o caminho.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação