Superbowl

The Weeknd anuncia que fará o show do intervalo do Superbowl 2021

Esta é a primeira vez que The Weeknd se apresenta neste que é considerado um dos maiores shows do mundo

Correio Braziliense
postado em 13/11/2020 12:01 / atualizado em 13/11/2020 12:02
 (crédito: AFP Photo/MTV)
(crédito: AFP Photo/MTV)

O cantor canadense The Weeknd anunciou, na última quinta-feira (12/11), que será atração do show do intervalo do próximo Superbowl de 2021. O cantor fez algumas postagens na própria conta do Instagram, com vídeos enigmáticos, mas por fim apresentou uma imagem que confirmava apresentação no 55º evento que marca a final da Liga de Futebol Americano NFL. O jogo e show estão marcados para 7 de fevereiro no Raymond James Stadium em Tampa, na Flórida, nos Estados Unidos.

Esta é a primeira vez que The Weeknd comandará o show do intervalo do Superbowl. Este é um dos maiores shows possíveis de se fazer na carreira. A final da NFL tem público médio anual de 100 milhões de espectadores apenas nos Estados Unidos, segundo dados da Forbes. Além do público norte-americano, a partida é transmitida para diversos países em todo globo e ganha popularidade. Em 2020, o público que assistiu o jogo e, consequentemente, o show do intervalo aumentou em 26% no Brasil, segundo dados da consultoria Techedge.

A escolha de The Weeknd vem após um ano mágico para o músico do R&B. O cantor lançou o aclamado disco After hours, com direito a estreia no topo da Billboard 200, parada norte-americana que marca os lançamentos mais populares. O álbum também foi o que mais vendeu em uma primeira semana entre todos os que estrearam em 2020, com mais de 400 mil unidades vendidas nos primeiros sete dias.

O artista canadense sucede uma grande apresentação feita por Shakira e Jennifer López, com participações de J Balvin e Bad Bunny. Outros grandes nomes que passaram recentemente pelos palcos do Superbowl foram Maroon 5, Justin Timberlake, Lady Gaga, Coldplay, Beyoncé e Bruno Mars. The Weeknd alcança o posto que foi popularizado por um dos próprios ídolos, Michael Jackson. O Rei do Pop fez uma apresentação em 1993 que é considerada um divisor de águas nos shows do intervalo do Superbowl.


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação