Eventos

Evento internacional pela igualdade de gênero começa nesta quarta-feira (25/11)

'Unidas: mulheres em diálogo' reunirá 82 mulheres em Salvador e Berlim na programação. A abertura do evento, nesta quarta-feira (25/11), contará com shows da rapper Preta Rara e da cantora ameríndia Brisa Flow

Correio Braziliense
postado em 24/11/2020 20:00
 (crédito: Filipa Aurélio)
(crédito: Filipa Aurélio)

Com início nesta quarta-feira (25/11), e seguindo com programação até sábado (28), o evento Unidas: mulheres em diálogos, projeto em parceria com o Goethe-Institut, reunirá convidadas em Salvador e Berlim como continuidade da luta pela igualdade de gênero. Ao todo, serão 40 mulheres na programação brasileira e 42 na alemã, realizando atividades como palestras, debates, grupos de trabalho e performances artísticas. Entre as palestrantes estarão nomes como como Xênia França, Carla Akotirene, Katiúscia Ribeiro, Giovanna Heliodoro, Ana Fontes, Leandrinha Du Art, Keyna Eleison, Livia Sant’Anna Vaz, Carol Barreto e Lourdes Barreto, que participam em Salvador. Sibel Kekilli, atriz de Game of thrones, também estará envolvida na ação

As atividades serão divididas em quatro blocos temáticos: Interseccionalidade, Direitos das mulheres e igualdade de gênero, Violência contra as mulheres e Prevenção de crises, com transmissão pelo canal do YouTube do Goethe-Institut Salvador-Bahia. Já em Berlim, o evento será somente on-line, mas conectado e simultâneo ao do Brasil.

Confira a programação

Quarta-feira, 25 de novembro

Às 15h, abertura do evento com uma cerimônia transmitida em português, alemão e espanhol, que reunirá Michelle Münterfering, ministra de estado no Ministério Alemão das Relações Exteriores; Carola Lentz, presidente mundial do Goethe-Institut; Julieta Palmeira, secretária de Políticas para as Mulheres do Estado da Bahia; Sibel Kekilli, atriz e membro-fundadora da rede Unidas; e Xênia França, cantora e membro-fundadora da rede Unidas. Após as boas-vindas, a palestra oficial de abertura fica a cargo da pesquisadora Carla Akotirene. Ainda neste mesmo dia, um brinde simbólico marca a união de forças.

Às 19h, haverá o momento de confraternização e arte, com shows da rapper Preta Rara e da cantora ameríndia Brisa Flow, em live musical.

Quinta-feira, 26 de novembro

A partir das 9h, início do bloco Interseccionalidade, com impulsos de Livia Sant’Anna Vaz, promotora de Justiça, mestra em Direito Público e doutoranda em Ciências Jurídico-Políticas, e Nádia Akawã Tupinambá, mulher medicina, ativista e educadora.

A partir das 15h30, a pauta será Direitos das mulheres e igualdade de gênero, com Katiúscia Ribeiro, filósofa, professora e doutoranda em Filosofia Africana; Leandrinha Du Art, ativista; e Lourdes Barreto, ativista, prostituta e educadora.

Sexta-feira, 27 de novembro

A partir das 9h, início do bloco Violência contra as mulheres, impulsionada por Ana Fontes, empreendedora social; e Preta Rara, rapper, historiadora e escritora.

A partir das 15h30, início do bloco Prevenção de crises, com Julieta Paredes, ativista feminista-comunitária, escritora e compositora; e Thiffany Odara, pedagoga, educadora social e redutora de danos.

Às 19h, ocorre a vernissage da exposição Atenção para o refrão. Com curadoria de Tiago Sant’Ana, a mostra reúne obras das quatro atuais residentes do Programa de Residência Artística Vila Sul do Goethe-Institut Salvador-Bahia: a multiartista Jade Maria Zimbra; a artista visual Juliana dos Santos; a artista visual e educadora social Kika Carvalho; e a coreógrafa Malu Avelar – junto a trabalhos de artistas como Marcela Cantuária e Yêdamaria.

Sábado, 28 de novembro

No encerramento, a programação brasileira se soma com a alemã e reúne resultados dos dias anteriores, novamente com transmissão em português, alemão e espanhol, para que as participantes do Brasil dialoguem ao vivo com as alemãs.

Às 13h30, início da ação com o debate Interseccionalidade, direitos das mulheres e igualdade de gênero, com a participação de Giovanna Heliodoro, historiadora, pesquisadora e comunicadora; e Valdecir Nascimento, professora e ativista.

Às 14h45, Violência contra as mulheres e prevenção de crises surge nas vozes de Keila Simpson, educadora e líder da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA); e Tamikuã Txihi, artista plástica e liderança indígena.

Às 16h, a atriz alemã Sibel Kekilli será entrevistada sobre a a prática e militância feminista, bem como a experiência como membro-fundadora e mobilizadora da rede Unidas. Sibel, que alcançou fama mundial com seu papel como Shae na série Game of thrones, milita pelos direitos das mulheres desde 2005.

Às 17h, a apresentação final será representada por Carol Barreto, ativista, professora e pesquisadora; e Elaine Bortolanza, pesquisadora, ativista e produtora cultural.


Serviço
Unidas: Mulheres em diálogos
Em Salvador e Berlim, com transmissão on-line pelo YouTube. www.youtube.com/goethebahia. De 25 a 28 de novembro. Verificar horários na programação. Evento internacional que fortalece luta pela igualdade de gêneros. No painel brasileiro, 40 mulheres realizam atividades como palestras, debates, grupos de trabalho e performances artísticas. Gratuito. Classificação indicativa Livre. 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE