Racismo

Humorista Yuri Marçal teria sido convidado para propaganda do Carrefour

Ao compartilhar convite no Twitter, Yuri afirmou que respondeu o e-mail com um xingamento

Correio Braziliense
postado em 26/11/2020 14:42 / atualizado em 26/11/2020 15:09
 (crédito: Reprodução/Instagram)
(crédito: Reprodução/Instagram)

O humorista Yuri Marçal compartilhou no Twitter uma situação que o deixou desconfortável: um convite para fazer publicidade para a rede de supermercados Carrefour. Na publicação, Yuri afirmou ter recebido o convite para fazer uma nota de esclarecimento, mas recusou.

O convite surgiu após um homem negro ter sido espancado até a morte em um dos estabelecimentos em Porto Alegre, no último Dia Nacional da Consciência Negra. O caso mobilizou o país e teve bastante repercussão.

 

Ele já havia se pronunciado sobre o caso, que gerou uma série de protestos e manifestações no Rio Grande do Sul e em outras cidades do Brasil.

No dia do ocorrido, o comediante compartilhou também uma imitação de como seria a nota de esclarecimento que o estabelecimento publicaria para se desculpar sobre o crime. “Já antecipo o de sempre”, escreveu Yuri


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE