HORÓSCOPO

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para este sábado (5/12)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar este sábado, 5 de dezembro, de acordo com cada signo

Oscar Quiroga
postado em 05/12/2020 06:00
 (crédito: Pixabay/Reprodução)
(crédito: Pixabay/Reprodução)

O que a natureza a oferece

Data estelar: Vênus e Netuno em trígono; Lua míngua em Leão.

Que tu queiras o melhor do melhor, mas ao mesmo tempo não tenhas recursos para obter o que pretendes, isso não há de se tornar um tormento que te apequene. Há beleza disponível para apreciares e viveres o melhor do melhor, sem que necessariamente tu tenhas de desembolsar muito dinheiro para isso. Restringir teu alcance ao que o dinheiro determinar, essa é uma decisão que tu tomas, imaginando que não haja outra matemática disponível para arquitetar teu destino. O dinheiro sempre se apresenta como problema, ou porque falta ou porque sobra, sempre é problema, e não adianta afirmares que preferes o problema de ter muito dinheiro, essa é uma tolice fantasiosa. Observa os ricos, não há felicidade plena entre eles e elas. Em vez de dinheiro, o que tu precisas é de ousadia para aproveitar o que a natureza te oferece graciosamente.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

É hora de profundos reconhecimentos, aqueles mesmos que sua alma evitou durante muito tempo. Porém, para que tudo continue em andamento da melhor maneira possível, evite olhar para outro lado, enfrente seus demônios.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Sentir inveja não é algo que você deva ter vergonha nem muito menos ocultar de si, é natural que sua alma sinta inveja ao contemplar as outras pessoas conquistando aquilo no qual você tinha pousado os olhos. Isso passa.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Você sabe que nada acontecerá sem seu empenho, porém, mesmo assim a alma teima em ficar esperando por essa onda bem afortunada que mudará a vida para sempre. Nada de errado nisso, porém, o empenho é mais valioso.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

Viver lindos momentos é algo maravilhoso, principalmente quando há gente com quem os compartilhar. Há coisas, porém, que a alma precisa viver à sós com ela mesma, porque ninguém compreenderia tudo que está envolvido.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Uma vez que a alma percebe o que percebe, é impossível fingir o contrário, pois, se não houver uma expressão à altura do que foi percebido, então os sentimentos que circulam congestionarão a alma. É assim.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

Muito provavelmente você não tem simpatia pelas pessoas com que deve compartilhar esta parte do caminho, porém, seria melhor guardar as reticências para si, pois, provavelmente elas são infundadas. Observe melhor.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

Assuma as responsabilidades que sejam verdadeiramente de sua competência, ficando com um olho atento para que ninguém empurre para cima de você algumas que não seriam de sua alçada. Higiene nos relacionamentos.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

Nada espere acontecer, faça você acontecer tomando todas as iniciativas pertinentes. O momento é bom, propício e auspicioso, desde que você não se deixe envolver pela preguiça mental de esperar por golpes de sorte.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Há coisas que podem muito bem ser sentidas e a alma receber plenamente essas informações, mas que, ao mesmo tempo, não podem ser explicadas, e não seria sábio tentar argumentar sobre elas. Melhor só sentir.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

Está certo, depositar confiança nas pessoas, hoje em dia, é um ato temerário, porque o mundo anda insano o suficiente para todas elas oscilarem em seus princípios. Porém, que mundo seria esse sem confiança?

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

Envolva seu coração nos assuntos práticos que precisam ser resolvidos, e aproveite as coincidências que acontecerem para agregar astúcia aos seus movimentos. Está tudo desordenado, mas você pode mudar isso.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

Passar as lindas ideias para a prática é o grande desafio cotidiano, um trabalho incansável, uma postura de vida que é inigualável, porque o comum das pessoas fica só no regozijo da ideia, sem nunca realizar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE