Celebridades

Neverland de Michael Jackson é vendida por US$ 22 milhões

Com a desvalorização da propriedade durante os anos, Neverland, localizada na Califórnia, encontrou um comprador:o bilionário norte-americano Ron Burkle, ex-consultor do Rei do Pop

Correio Braziliense
postado em 30/12/2020 18:20 / atualizado em 30/12/2020 18:20
 (crédito: Finest Residences/Reprodução. )
(crédito: Finest Residences/Reprodução. )

Neverland, ou A Terra do Nunca, como era chamada a famosa propriedade de Michael Jackson, foi vendida ao bilionário norte-americano Ron Burkle, cofundador da The Yucaipa Companies, que chegou a trabalhar como consultor do Rei do Pop. O rancho, rebatizado de Sycamore Valley Ranch, foi negociado por US$ 22 milhões, sendo que em 2015 chegou a valer US$ 100 milhões, de acordo com o Wall Street Journal.

Na época em que comprou o terreno, em 1987, Michael Jackson pagou US$ 19,5 milhões e batizou o lugar de Neverland, em homenagem à história de Peter Pan, na qual as crianças nunca crescem. O músico transformou a mansão, localizada em Los Olivos, na região de Santa Barbara, na Califórnia, em um espaço mágico, com brinquedos de parque de diversão, incluindo roda gigante e carrossel, e até mesmo um zoológico.

Durante a carreira do astro, a propriedade ambientou polêmicas, denunciadas na mídia e no documentário de 2019, Leaving Neverland (Deixando a terra do nunca, em tradução livre), dirigido e produzido pelo cineasta britânico Dan Reed. O documentário foi lançado 10 anos após a morte do cantor e fala sobre as acusações de abusos sexuais contra crianças na residência, duas delas são relatadas no documentário.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE