Documentário

Demi Lovato anuncia lançamento de série no YouTube sobre vício e saúde mental

'Demi Lovato: dancing with the devil', com lançamento marcado para 23 de março, fará uma retrospectiva sobre os momentos mais difíceis na vida da cantora

Correio Braziliense
postado em 14/01/2021 16:20 / atualizado em 14/01/2021 16:20
 (crédito: Instagram/ Reprodução)
(crédito: Instagram/ Reprodução)

Os fãs da cantora Demi Lovato receberam uma grande notícia da artista por meio das redes sociais nesta quarta-feira (13/1). Na publicação, Lovato anunciou a data de lançamento da nova série documental Demi Lovato: dancing with the devil (Em tradução livre, Demi Lovato, dançando com o diabo), que estará disponível para o público em 23 de março, no canal da cantora no YouTube. O documentário terá quatro etapas e irá abordar as partes mais difíceis da trajetória da artista, como a luta contra a dependência química e experiência com a depressão, assim como os processos de cura e crescimento pessoal. Apresentando a série, a cantora se diz pronta para dividir essas questões com os fãs. 


“Há tanto que eu queria dizer, mas sabia que tinha que dizer do jeito certo. Demi Lovato: dancing with the devil será transmitido gratuitamente no YouTube a partir de 23 de março. Obrigado à minha família, amigos e fãs por permanecerem ao meu lado ao longo dos anos enquanto eu aprendo e cresço. Estou muito animada para finalmente compartilhar com vocês esta história que guardei nos últimos 2 anos”, escreveu a cantora na legenda.

De acordo com o portal Entertainment Weekly, o documentário será dividido em quatro partes e fará uma retrospectiva dos momentos mais complicados de Demi, enquanto ela mergulha em traumas passados e descobre a importância das saúdes física, emocional e mental.

“Já se passaram dois anos desde que fiquei cara a cara com o ponto mais sombrio da minha vida, e agora estou pronta para compartilhar minha história com o mundo. Pela primeira vez, você será capaz de ver minha jornada de luta e cura contínua do meu ponto de vista. Sou grata por ter sido capaz de cumprir essa missão de enfrentar meu passado de frente e, finalmente, compartilhá-lo com o mundo”, compartilhou Lovato, em nota publicada pelo portal.

Ao longo da carreira e da vida pessoal, a cantora assumiu a dependência química e doenças como a depressão, distúrbio alimentar e automutilação. Em 2018, precisou ser internada em uma clínica de reabilitação, após um suposto episódio de overdose. No mesmo ano, a cantora lançou Sober, canção em que se desculpa com os fãs por não estar mais sóbria.  

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE