Festival

Festival Rec-Beat terá edição virtual durante o carnaval

Com 26 anos de trajetória, o festival pernambucano terá ediço on-line, este ano, gravada em pontos icônicos de Recife e São Paulo

Correio Braziliense
postado em 18/01/2021 17:56
 (crédito: Ariel Martini/Divulgação)
(crédito: Ariel Martini/Divulgação)

O festival Rec-Beat, um dos mais antigos e tradicionais de Recife (Pernambuco), terá edição virtual durante o carnaval de 2021. No domingo, 14 de fevereiro, a edição, batizada de Rec-Beat SP, ocupará espaços públicos tanto de Recife quanto de São Paulo com atrações transmitidas gratuitamente pelo YouTube.

Em locais icônicos das duas capitais, como o Largo do Paissandu, em São Paulo, o Marco Zero e o Cais da Alfândega, no Recife Antigo, onde tradicionalmente ocorre o festival, serão gravados shows de bandas e performances artísticas.

A programação contará também com debates e workshops sobre produção fonográfica, produção artística, criatividade e música periférica, reafirmando o compromisso do festival com a profissionalização do mercado cultural no Brasil. As atividades formativas, que precedem o evento principal, serão gratuitas, mas terão vagas limitadas, para favorecer a interação entre os participantes.

Informações sobre datas e inscrições serão divulgadas em tempo. A programação completa será publicada no próximo dia 20.

Poster do festival Rec-Beat SP, edição online, carnaval de 2021. Obra de Rimon Guimarães cm design de Gabriela Araújo e Eduardo Souza
Poster do festival Rec-Beat SP, edição online, carnaval de 2021. Obra de Rimon Guimarães cm design de Gabriela Araújo e Eduardo Souza (foto: Rimon Guimarães/Gabriela Araújo/Eduardo Souza/Divulgação)
 

Visual

Todos os anos, a organização convida um artista para criar uma obra inédita que integrará a identidade visual do evento. Nesta edição, essa arte é assinada pelo curitibano Rimon Guimarães, enquanto a identidade visual foi trabalhada, pelos designers pernambucanos Gabriela Araújo e Eduardo Souza.

Artista autodidata, Rimon trabalha com murais em larga escala, pinturas, desenhos, gravuras, fotografias, videoinstalações, performances, composições e áudio. A obra do curitibano apresenta um universo bastante imaginativo e de cores vivas. Rimon tem trabalhos espalhados por países como Estados Unidos, Argentina, Gâmbia, Malásia, Itália, Holanda e diversas cidades no Brasil. Ele assinou, recentemente, o mural que marcou a reabertura do Minhocão, no centro de São Paulo.

Na ilustração para o Rec-Beat, Rimón se inspirou na herança latina, nas raízes dos povos indígenas e na ancestralidade negra, que se entrelaçam com a cultura urbana paulistana e recifense. "Decidi trazer como personagem principal uma menina preta skatista, pois isso reflete muito a proposta urbana de ocupar os espaços", explica Rimon, em material enviado à imprensa. "Eu quis mostrar esse lado urbano de São Paulo, dos grandes murais e fachadas e fazer uma conexão com o Recife”.

História

Criado em 1995, o festival Rec-Beat foi idealizado e produzido por Antonio Gutierrez, conhecido como Gutie. Ao longo dos 26 anos de estrada, se consolidou como um dos maiores festivais de música do Brasil, ao incentivar e dar visibilidade a diferentes sonoridades da música brasileira e internacional, com destaque para a presença afro-latino-americana. O evento deu palco e protagonizou algumas das principais manifestações culturais brasileiras, do manguebeat ao carimbó, passando pela música eletrônica, jazz, rap, rock e brega-funk.

Esta edição do Rec-Beat tem patrocínio da Oi e apoio cultural do Oi Futuro via Proac-ICMS - Governo do Estado de São Paulo / Secretaria de Cultura e Economia Criativa, e apoio da Secretaria Municipal de Turismo de São Paulo. É realizada pela Ao Redor, idealizada pela Rec-Beat Produções e tem parceria com o selo Risco. A produção do conteúdo audiovisual é da Panamá Filmes, com direção de Filipe Franco e o duo Cinza.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE