CINEMA

Animação só para criança? Gênero se renova e apresenta várias vertentes

Do streaming às salas de cinema, os herdeiros dos desenhos animados ganham popularidade e narrativas para o público de diversas idades

Ricardo Daehn
postado em 09/02/2021 06:00
 (crédito: DisneyPixar/Divulgação)
(crédito: DisneyPixar/Divulgação)

Há pouco mais de um ano, a empresa Blue Sky Studios, que respondeu por A era do gelo, colocou em evidência um agente negro na animação Um espião animal. Num sucesso de visibilidade ainda maior, a Pixar apresentou recentemente ao mundo Soul que, a partir da trajetória de Joe, um músico que patina entre felicidades e frustrações, traz a promessa do favorito ao Globo de Ouro e ao Oscar de melhor animação. Empolgação está sempre entre os elementos que enriquecem as narrativas produzidas para adultos e crianças, e descoladas da encenação de atores filmados.

O poder da animação nas salas de cinema pode ser constatado em decisões mercadológicas recentes de aumentar o número de salas que acolheram Trolls 2 ou na persistência de Scooby! O Filme no circuito e até mesmo no retorno de sucesso recente como A família Addams, num repeteco como atrativo para o começo de 2021. Confira, a seguir, um punhado de animações (algumas com mescla de live-action) disponíveis em streaming ou com promessa de chegarem às janelas de lançamento de plataformas ou cinemas.

Estreias

 (crédito: Dreamworks Animation/Divulgação)
crédito: Dreamworks Animation/Divulgação

Os Croods 2: Uma nova era
Quase oito anos se passaram desde a primeira aventura produzida pelos mesmos criadores da saga Madagascar. Nos cinemas, a partir de 25 de março, com direito a dublagens de Juliana Paes e Rodrigo Lombardi, os protagonistas vão se deparar com a modernidade que cerca um núcleo de novos conhecidos para os Croods: a família Bemelhor, liderada por Esperança e o marido Bem. Foi indicado ao Globo de Ouro, para a festa de 28 de fevereiro.

Flora e Ulysses
Com a promessa de chegar à programação do Disney+ dia 18, o longa, extraído de texto de Kate diCamillo desembocará com o tempero da comédia. No enredo, que mistura personagens reais a criações em computadores, uma menina, que é fã de histórias em quadrinhos, vê os pais embarcarem em uma separação. Arredia, Flora vai experimentar novos ares com a chegada de um esquilo com poderes de super-herói. Direção de Lena Khan.

Wolfwalkers
Uma viagem ao mundo das fábulas, dirigido por Tomm Moore, ajudou a empresa irlandesa Cartoon Salon a conquistar uma das três indicações ao Oscar de melhor animação. Moore, ao lado do codiretor Ross Stewart, traz muito reconhecimento com Wolfwalkers, com enredo situado no século 17 e que trata do extermínio de lobos e da amizade inesperada entre Mebh e Robyn. No catálogo da AppleTV. Está no páreo para Oscar e foi indicado ao Globo de Ouro.

On-Gaku: our sound
Kenji Iwaisawa adaptou um mangá, ao tratar da formação de uma banda japonesa de iniciantes. Foram 40 mil desenhos feitos à mão, ao longo de nove anos, para dar vida aos personagens de uma banda de rock, em que desocupados jogam intermináveis partidas de games em equipamentos antiquados, se reúnem pelo som. Sem data de estreia no Brasil, foi o grande vencedor do Festival de Ottawa (Canadá) e ainda destaque em Annecy (França).

Tom & Jerry — O filme
Pouco depois de os espectadores verem a invasão de ratos em um hotel no longa Convenção das bruxas, no próximo dia 25, um simples rato promete tirar o sossego em situação similar. Clássico personagem de Joseph Barbera e William Hanna, Tom, que, ao lado do gato Jerry, brilhou por quase 30 anos em desenhos de tevê, estará inserido em aventura com personagens de carne e osso num ambiente luxuoso novaiorquino.

Bombay Rose
Em exibição negociada pela Netflix, a primeira produção animada da empresa com criação indiana teve direção de Gïtanjali Rao. Por mais de um ano e meio, 60 artistas compuseram as imagens do longa. Exibido na Semana Internacional da Crítica do Festival de Veneza, aborda parâmetros comuns de Bollywood, com ênfase nas danças, nos cantos e no colorido. Na trama, uma moça hindu se apaixona por um vendedor de flores muçulmano.

Josep
Exibido no My French Film Festival, com caráter gratuito no Belas Artes à la Carte, o longa baseado na vida real do desenhista catalão Josep Bartolí venceu, na perspectiva do público, o prêmio de melhor filme no Festival de Atenas. Primeiro filme do artista Aurel (ilustrador do Le Monde), é situado sob os ecos da Guerra Civil Espanhola. Foragido do sistema ditatorial de Franco, em 1939, um designer encontra espaço em campo de perseguidos, na França.

Raya e o último dragão
Previsto para estar nos cinemas e no canal Disney+ (para assinantes premier access) ao mesmo tempo, o longa será exibido a partir de 5 de março. A ação transcorre no fictício país Kumandra. Uma guerreira busca se livrar de um encantamento, numa jornada que a obriga a perseguir Sisu, o dragão remanescente, com interpretação de voz de Awkwafina (a atriz de origem chinesa, vista em Podres de ricos).

Ron´s gone wrong
Está prevista para 22 de abril, a aventura da Disney que mostra a amizade entre um menino de 11 anos, inserido numa sociedade em que robôs são os maiores amigos dos jovens. Sem completa funcionalidade, o grande amigão dele está cheio de avarias.

 

 

 

E mais...

 (crédito: Netflix/Divulgação )
crédito: Netflix/Divulgação

Enquanto, nos cinemas, é possível ver a animação do sul-coreano Hong Sung-Ho, Sapatinho Vermelho e os sete anões, sobre príncipes que disputam o beijo de uma beldade; na plataforma Netflix, há opções de repescagem para aqueles que não conferiram títulos como o recém-indicado ao Globo de Ouro A caminho da lua, de Glen Keane e John Kahrs (produtores de Enrolados), sobre uma menina que sonha encontrar uma deusa do espaço sideral; Shaun, o carneiro, o filme: a fazenda contra-ataca, que mostra uma alienígena baratinando a vida de um rebanho de carneiros e ainda Os irmãos Willoughby, atração que revela o destino de pais nada amorosos e uma prole de quatro filhos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE