Teatro

Karine Teles, de 'Bacurau', se revela diretora na performance 'Morra, amor'

Com acesso gratuito, espetáculo será mostrado nas redes sociais na quinta-feira (18/2), às 21h, tendo por base romance feminista argentino

Correio Braziliense
postado em 16/02/2021 15:34
Karine Teles, ao lado da colega Adriana Esteves, no longa 'Benzinho' -  (crédito: Reprodução/ Internet)
Karine Teles, ao lado da colega Adriana Esteves, no longa 'Benzinho' - (crédito: Reprodução/ Internet)

Uma das atrizes mais premiadas do cinema nacional, Karine Teles, vista em Benzinho, Hebe e Que horas ela volta?, mostra a porção diretora, a partir da adaptação de um texto da argentina Ariana Harwicz. Estrelada
por Camila Nhari (de Tom na fazenda), a performance Morra, amor tem codireção de José Eduardo Limongi e será mostrada às 21h, ao vivo, no instagram (@morraamor).

O sufocamento de uma protagonista que se entrega aos esperados papéis de mãe e esposa exemplar, se projeta no interior da mente dela, que passa a nutrir reflexões sobre a libertação feminista. Uma das fundadoras do grupo Bando de Palhaços, Camila Nhari fará a performance ao vivo, mas o espetáculo terá reapresentações dias 19 e 20, além do dia 21 (com legendas para maior acessibilidade), sempre às 21h. O mesmo texto já havia sido transformado em websérie, de cinco capítulos, pela dupla Camila Nhari e José Eduardo Limongi. 


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE