Cinema

Diretor de ‘Liga da Justiça’ é acusado de ameaçar Gal Gadot

Segundo fonte do The Hollywood Reporter, Joss Whedon teria dito Gal Gadot que poderia fazê-la parecer "incrivelmente estúpida" no filme

Correio Braziliense
postado em 08/04/2021 17:13
 (crédito: DC/DivulgaÇÃo)
(crédito: DC/DivulgaÇÃo)

O artigo do The Hollywood Reporter expôs brigas e comportamento agressivo no set do filme Liga da Justiça (2017). Uma fonte não revelada relatou ao site que Joss Whedon e Gal Gadot teriam entrado em conflito quando o diretor forçou a atriz a gravar falas que não combinavam com a personagem.

Gadot questionava o diretor sobre “sua personagem ser mais agressiva do que era em Mulher-Maravilha”. Whedon então disse, supostamente, que prejudicaria a carreira da atriz caso ela não aceitasse. A testemunha revelou ao site: “Ele disse a ela que era o escritor e ela ia calar a boca e dizer as falas e ele poderia fazê-la parecer incrivelmente estúpida no filme.” Ainda segundo a fonte, Joss Whedon teria menosprezado Patty Jenkins, diretora de dois filmes da Mulher-Maravilha.

Em 2017, o diretor já havia sido acusado de comportamento agressivo por Ray Fisher, ator que interpreta o personagem Ciborgue no filme. Em tweet do ano passado, Fisher descreveu a conduta de Whedon como “grosseira, abusiva, não profissional e completamente inaceitável”.

Em comunicado ao The Hollywood Reporter, Gal Gadot informou que teve problemas com o diretor, mas que a Warner Bros, lidou com a situação em tempo hábil.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE