Tributo

Artistas homenageiam legado de Gonzaguinha, morto há 30 anos

Completados nesta quinta-feira (29/4), os 30 anos da morte de Luiz Gonzaga Júnior mobiliza artistas em tributo à carreira do grande compositor e cantor brasileiro

Correio Braziliense
postado em 29/04/2021 15:59 / atualizado em 29/04/2021 18:12
 (crédito: TV Cultura/Divulgação)
(crédito: TV Cultura/Divulgação)

Dia em que se completam 30 anos da morte de Gonzaguinha, esta quinta-feira (29/4) será marcada por live-espetáculo em homenagem ao legado do grande artista brasileiro, o Live Show Gonzaguinha — 30 anos de saudades. O autor e intérprete é responsável por inesquecíveis sucessos da música popular brasileira, como o hino da alegria O que é o que é; Lindo lago do amor, Explode coração e É. Um acidente de carro no Paraná foi responsável por encerrar de forma prematura a trajetória do filho do Rei do Baião, aos 45 anos de idade. A seguir, confira esta e outras atrações que prestam tributo ao artista:

Quinta-feira (29/4)

Live Show Gonzaguinha — 30 anos de saudades

Às 19h30. Apresentação gratuita com transmissão pelo YouTube a partir do Teatro Rival Refit, no centro do Rio de Janeiro. A homenagem é um monólogo musical com texto e atuação de Rogério Silvestre que reúne causos e canções de Gonzaguinha. Acompanhado pelos músicos Rafael Toledo (direção musical, violão e voz), Cacá Franklin (percussão), Dudu Dias (baixo), Paulo Bonfim (bateria) e Imyra Chalar (voz), Silvestre conta e canta momentos marcantes na vida do homenageado — da infância no Morro do São Carlos (RJ) aos embates com a ditadura militar e à relação conflituosa com o pai, Gonzagão.

Bruna Caram canta Gonzaguinha - Lançamento do single Redescobrir

Live e single disponíveis no canal do YouTube da artista. Em parceria com o cantor e compositor Zé Renato, Bruna Caram lançou nesta quinta-feira uma versão de um dos grandes sucessos de Gonzaguinha: Redescobrir. A composição do artista foi lançada originalmente como faixa do álbum Coisa maior de grande - pessoa (1981) e já foi interpretada por Elis Regina. O single é o primeiro do álbum Afeto e luta: Bruna Caram canta Gonzaguinha, com repertório totalmente integrado por obras do grande cantor e letrista brasileiro.


Sábado (1º/5)

Gonzaguinha, saudade

Às 19h. Apresentação gratuita com transmissão no perfil de Sandro Melo. Ao lado do músico Jorge Mendes e do ator e cantor Rogério Silvestre, Sandro Melo canta sucessos de Gonzaguinha. Melo apresenta o musical Gonzaguinha, saudade, inspirado no último show realizado pelo artista.

Leila Pinheiro canta Gonzaguinha

Às 21h. Apresentação gratuita com transmissão pelo canal da artista no YouTube. A cantora, pianista e compositora Leila Pinheiro revisita letras que gravou no disco Reencontro, dedicado ao repertório dos colegas Gonzaguinha e Ivan Lins, em live. O repertório inclui sucessos como Explode coração, Começaria tudo outra vez, Grito de alerta e Diga lá.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE