Cinema

'Cruella', em versão rejuvenescida, com Emma Stone chega aos cinemas

Emma Stone estrela uma versão de 'Cruella', na Londres dos anos de 1970, ao lado da consagrada Emma Thompson. Atração da Disney chega em 72 sessões de cinema e disponível em streaming

Ricardo Daehn
postado em 27/05/2021 10:08
Emma Stone é a estrela do novo filme da Disney: 'Cruella', presente em 72 sessões de cinema no DF -  (crédito: Disney/ Divulgação)
Emma Stone é a estrela do novo filme da Disney: 'Cruella', presente em 72 sessões de cinema no DF - (crédito: Disney/ Divulgação)

De um lado, aquela que já encarnou Malévola para um filme da Disney, Angelina Jolie, lançando um novo longa-metragem (Aqueles que me desejam a morte); do outro, Emma Stone apostando numa trajetória rejuvenescida para uma das vilãs mais icônicas do cinema: Cruella de Vil. Se Angelina deposita um quê afável para a nova personagem, uma mulher integrada ao Corpo de Bombeiros da Guarda Florestal norte-americana, que encara uma luta para proteger um jovem de assassinos, numa floresta em chamas; Emma Stone vai pela via contrária no longa Cruella, repleto de maldades e originado pela literatura de Dodie Smith criada em ficção de 1956.

O emprego de Should I stay or should I go (The Clash), na trilha sonora de Cruella ajuda a ambientar o momento da ação do novo filme de Craig Gillespie (Eu, Tonya). Trata-se de 1970, na efervescência do punk rock londrino, o cenário em que a jovem Estella, uma aspirante a designer, circula. Com roteiro assinado por Dana Fox (de Como ser solteira, comédia com Dakota Johnson) e Tony McNamara (A favorita), o longa, que faz parte do acervo Disney + (no Premier Access, a partir do pagamento de R$ 69,90), trata de contrapor em cena Emma Stone (atriz vencedora do Oscar por La la land), com a premiada por Retorno a Howards End, Emma Thompson.

Curiosamente, nos bastidores da obra quem assina como produtora-executiva do filme é outra atriz consagrada: Glenn Close, que interpretou, há 24 anos, a lendária vilã da Disney, dona de humor peculiar e um magnetismo egocêntrico inquestionáveis: Cruella. A dupla de ladrões Jasper e Horace, irmãos fiéis a Estella (a versão ainda juvenil de Cruella), completa a trajetória da criminosa fashionista, que outrora teve como chefe, a mulher com quem rivaliza: a Baronesa von Hellman (Emma Thompson).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE