HORÓSCOPO

Horóscopo do dia: confira o que os astros revelam para este domingo (18/7)

Veja o horóscopo por Oscar Quiroga para desvendar este domingo, 18 de julho, de acordo com cada signo

Oscar Quiroga
postado em 18/07/2021 06:00
 (crédito: Pixabay/Reprodução)
(crédito: Pixabay/Reprodução)

Frustração

Data estelar: Lua cresce em Escorpião.

A frustração de não ter conseguido satisfazer tua ambição não poderá ser sarada te conformando com menos do que pretendes, nem tampouco distribuindo generosamente culpas às pessoas que aparentemente seriam responsáveis por isso. Se falhaste e beijaste a lona, chegou a hora de usar esse impacto vexaminoso para ricochetear e te erguer sobre teus pés, e continuar a luta. O pior que poderia acontecer não é tua frustração, mas que não aconteça nada, como se a vida fosse um processo eterno de indiferença pelos teus anseios e pretensões. Agradece à vida pela intensidade de tua frustração, porque ela te ofende, te mostra no espelho distorcido que tu não estás na condição que almejas. A seguir, usa essa força sinistra da frustração para te lançar, em vingança, a melhorar teu desempenho. Não há vingança melhor do que viver bem.

ÁRIES (nascimento entre 21/3 a 20/4)

Encontre uma maneira positiva de descansar, mental, emocional e fisicamente, porque este é um momento em que se você deixar surgirem as tensões, essas ocupariam o cenário inteiro, e aí o tempo de descanso se perderia.

TOURO (nascimento entre 21/4 a 20/5)

Se suas vontades não coadunam com as vontades das pessoas próximas, em vez de isso, necessariamente, terminar em conflito, tome a sensata iniciativa de conceder espaço e tempo para as vontades alheias. Melhorias.

GÊMEOS (nascimento entre 21/5 a 20/6)

Melhor seria que se conversasse menos e se fizesse mais, porém, para isso, as pessoas envolvidas teriam de superar a inércia que as acomoda em suas razões, empurrando com a barriga as tarefas que precisam ser cumpridas.

CÂNCER (nascimento entre 21/6 a 21/7)

A dificuldade de expressar o que realmente você gostaria de dizer pode ser providencial, desde que você a encare como um sinal de que certas conversas seria melhor deixar para o futuro. Isso vai ajudar bastante.

LEÃO (nascimento entre 22/7 a 22/8)

Pratique a boa vontade, tire ela das intenções abstratas e as demonstre através de atitudes concretas, que beneficiem as pessoas com que você se relaciona. Assim, sua alma também sairá beneficiada da situação.

VIRGEM (nascimento entre 23/8 a 22/9)

Os ressentimentos estão por aí, guardados e escondidos até que acontece algo imprevisto, fora dos planos, que aperta o gatilho e faz com que surjam com força total. Procure preservar a lucidez, porque isso passa.

LIBRA (nascimento entre 23/9 a 22/10)

A ambiguidade dos sentimentos interiores é difícil de sustentar, porque parece que a alma vai se desgarrar de indecisão, oscilando, ora para um lado das emoções, ora para o outro. Deixe acontecer, viva com leveza.

ESCORPIÃO (nascimento entre 23/9 a 21/11)

Tome as iniciativas que achar pertinentes, mas faça isso sem apego aos resultados, apenas faça porque acha necessário. Necessidades e desejos nem sempre convergem, e se torna fundamental usar o discernimento.

SAGITÁRIO (nascimento entre 22/11 a 21/12)

Nada é conclusivo, tudo deixa lugar à dúvida. Leve isso em consideração antes de se lançar a tomar atitudes que, depois, seria muito difícil consertar. Para viver em paz, melhor evitar encrencas desnecessárias.

CAPRICÓRNIO (nascimento entre 22/12 a 20/1)

Suas suspeitas podem ser fruto de mera paranoia, porém, enquanto continuam sendo desenvolvidas no recôndito de sua mente, parecem completamente reais. Valeria a pena você fazer uma investigação imparcial de tudo.

AQUÁRIO (nascimento entre 21/1 a 19/2)

Ouça opiniões, mas, em última instância, faça somente aquilo que você tiver vontade, sem se submeter a nada nem a ninguém. Porém, tampouco faça dessa postura uma reação sistemática, contrariando a todas as pessoas.

PEIXES (nascimento entre 20/2 a 20/3)

Permita a desordem acontecer, porque sua alma não precisa correr o tempo inteiro, como se estivesse perdendo tempo ou alguma chance especial fosse se perder. Permita a desordem acontecer, ela é caldo de criatividade.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE