RELACIONAMENTO

Namorado cogita desistir de carreira política por Marina Ruy Barbosa

Deputado federal Guilherme Mussi (PP/SP) quer construir uma família com a atriz

Douglas Lima - Especial para o Uai
postado em 19/07/2021 23:11
 (crédito: Reprodução/Instagram/Montagem)
(crédito: Reprodução/Instagram/Montagem)

Guilherme Mussi, suposto namorado de Marina Ruy Barbosa, revelou que deixará a política no ano que vem, de acordo com as informações da coluna Retratos da vida, do jornal Extra.

O político teria contado para amigos próximos que este é o seu "relacionamento definitivo".

Segundo a publicação desta segunda-feira (19/07), Guilherme pode deixar de lado a carreira na política para construir uma família ao lado da artista, o que não conseguiu em seus dois primeiros casamentos.

O deputado federal (PP/SP) foi bastante criticado nas redes sociais, após estar viajando em dias úteis de trabalho na Câmara em Brasília, no Distrito Federal.

Além de ter votado virtualmente no "sim" durante a sessão que aprovou a nova LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) em que um aumento de Fundo Especial de Financiamento de Campanha, mais conhecido como Fundo Eleitoral foi reajustado de R$ 1,7 bilhão para R$ 5,7 bilhões.

Em seu Twitter, o parlamentar afirmou que não disputará as eleições de 2022.

"Ou seja, não faz o menor sentido apoiar um projeto que busca financiar campanhas eleitorais", disparou ele, que quer preservar a imagem da estrela de comentários negativos e de escândalos políticos brasileiros.

Confira abaixo, os tweets:

Na última semana, Marina e o parlamentar foram clicados em público juntos pela primeira vez após o fim do casamento da atriz com Alexandre Negrão. Os dois foram flagrados no tradicional baile de gala da amfAR (American Foundation for AIDS Research), que aconteceu durante o Festival de Cannes, em território francês.

Vale destacar que nem Ruy Barbosa nem Mussi assumiram publicamente o relacionamento até o momento.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE