Streaming

Dez filmes de origens diversas estão no Festival Rastro

Iniciativa de produtoras de Brasília, o Festival Rastro torna gratuita a exibição de dez títulos documentais

Correio Braziliense
postado em 29/07/2021 16:14
O curta finlandês 'Land tha rises and descends' está na programação do Rastro -  (crédito: Visions du Reel/ Reprodução)
O curta finlandês 'Land tha rises and descends' está na programação do Rastro - (crédito: Visions du Reel/ Reprodução)

A partir da iniciativa da Três Produz, produtora brasiliense formada pelo trio Renata Schelb, Rafaella Rezende e Bethânia Maia, a segunda edição do Rastro: Festival de Cinema Documentário prossegue até 31 de julho. Com caráter gratuito, o evento está abrigado na plataforma 

Com curadoria feita a partir da análise de filmes de 45 países, e um corpo de profissionais que incluiu Pedro Azevedo, Bruno Victor e Letícia Bispo, o Rastro selecionou dez títulos, entre curtas e longas-metragens. Identidade e afetos constituíram elementos para a seleção, a ser comentada
na próxima sexta, às 20h, pela curadoria.

Os espectadores têm até sábado (31/7) para conferir filmes como o finlandês Land that rises and descends, em torno da mitologia intermediando as relações dos moradores com o arquipélago Kvarken e o nacional Pele manchada, sobre uma inesperada visita feita durante a quarentena. Vindo do Canadá, o longa Dope is death mostra a acupuntura como proposta de desintoxicação, a partir da perspectiva do doutor Mutulu Shanker e, outro filme integrado ao Festival Rastro é Nuhu yag nu yog hamm: Essa terra é nossa, que mostra efeitos da devastação ecológica na região de Sobradinho (Bahia).


Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE