Covid-19

Baby do Brasil voltará aos shows presenciais mesmo sem se vacinar

A cantora Baby do Brasil defende que se vacinar ou não é uma opção dela, que precisa "saber o que está colocando" dentro do corpo dela

Correio Braziliense
postado em 12/08/2021 08:55 / atualizado em 12/08/2021 08:56
 (crédito: Guto Costa/Divulgação)
(crédito: Guto Costa/Divulgação)

A cantora Baby do Brasil, de 69 anos, afirmou, em bate papo com Zeca Camargo no canal Splash, que não tomou a vacina contra a covid-19 e nem pretende se imunizar. Mesmo assim, ela planeja voltar aos palcos assim que possível.

"Eu estou pegando, no mundo inteiro, todas as pesquisas sobre tudo que estou colocando dentro do meu corpo [...] Eu vou fazer 70 anos, no ano que vem, com o corpinho de 20. Tenho todo o direito de decidir se quero colocar essa zorra dentro de mim ou não", justificou a eterna nova baiana.

Baby ressaltou, porém, que não tem nada contra a vacina e que Pepeu Gomes e os filhos tomaram. "Não tenho nada, a princípio, contra. Eu só quero entender o que estou botando dentro de mim", disse. "A gente fica apavorado de querer entender, com muito carinho, qual é nossa medicação, mas nada contra. Vacina sempre é muito bem-vinda", completou.

Para a cantora, ela tem o direito de decidir e de "sentir" o momento de tomar a vacina. "Exemplo, se você está cismado com uma coisa, você não vai fazer. A cisma é um sinal", explicou a cantora, que não vê a hora de voltar aos palcos, ao lado da banda dela (toda vacinada) e com condições que respeitem as medidas sanitárias impostas pelos governos federal e local.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE