Música

Novo single do grupo carioca Hitmaker investe em funk consciente

Mistura de ritmos marca novo single dos cariocas do Hitmaker. Funk consciente com mensagem de superação é marca do novo trabalho

Lara Leal*
postado em 10/09/2021 12:16 / atualizado em 10/09/2021 12:52
O funk traz mensagem de reflexão e superação de desafios -  (crédito: Guto Brown)
O funk traz mensagem de reflexão e superação de desafios - (crédito: Guto Brown)

O grupo carioca de produtores Hitmaker lança, nesta sexta-feira (10/9), o single Deus não tem preconceito, com a proposta de realizar um funk mais consciente, com mensagem de superação, fé e esperança.

 Para Wallace e Breder, integrantes do grupo Hitmaker, as palavras que definem a canção são fé e superação. “A gente queria fazer um som que levasse uma mensagem positiva não só de vivência, mas que falasse para a galera que: é difícil, mas não desiste” explica Wallace. O clipe do single foi gravado na favela Pavão-Pavãozinho-Cantagalo, a comunidade PPG, no Rio de Janeiro. Além dos cantores, Mc Marks e Mc Hariel, participam também das imagens Wallace e Breder.

As filmagens retratam a realidade da periferia, trazendo também os desafios enfrentados pelos artistas. “O clipe foi muito intenso, a letra é muito intensa e forte. Falamos da vivência de todos nós, cada um tem uma experiência de vida diferente. Só de lembrar da minha infância e tudo que já passei para chegar aqui, é impossível não se emocionar”, diz Wallace.

Breder conta que a produção do clipe mexeu muito também com Mc Hariel. “No final do primeiro take do Hariel, ele sentou e chorou, o clipe já começou assim ”. O single Deus não tem preconceito já está disponível em todas as plataformas digitais.

O Hitmaker está por trás de grandes produções funk, como Beijinho no ombro, de Valesca Popozuda, e Combatchy, de Anitta.

Eles também assinam canções de artistas que misturam outros ritmos com pop, como Léo Santana, Gustavo Mioto e todo o álbum Pandora, de Luísa Sonza. 

*Estagiária sob supervisão de Nahima Maciel

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE